domingo, 28 de fevereiro de 2010

Uma flor para a Madeira


A SIC promove hoje domingo um concerto de solidariedade a favor das vítimas das inundações da Madeira, no Coliseu, com a participação de dezenas de artistas.
Esta iniciativa conta com o apoio do Presidente da República, que assistirá ao espectáculo.

Manifestação em Amarante - 13 de Março


A manifestação é contra a construção de mais barragens, que afectarão particularmente o Tâmega, noticiada aqui.

Aos colaboradores do Blogue no 1º aniversário




Alguns juntaram-se para jantar, dar dois dedos de conversa e fazer planos.
É sempre bom saber que um trabalho como este, não remunerado e que colide com as horas de sono, é apreciado e gera empatias e cumplicidades.
São esses ecos que dão força para continuar e manter acesa a chama.

Obrigada Gabi, por quereres "que este Blogue continue a ser uma estrela que brilha".
Obrigada Becas, Milu, Woody, O Que Não Sabe Pensar e Luís pela força que me dão e pelo vosso imenso carinho.

Obrigada também à Carmela, que à hora em que o jantar começava, estava em casa recolhida a enviar o poema de Fernando Pessoa que publiquei abaixo.

É por todos vocês, pelos leitores e também pelos Bloggers amigos, que este espaço cresceu e, como dizem alguns veteranos da Blogosfera, já ganhou aura própria.

A L.A., colaboradora recente do Blogue, embora não podendo estar presente no jantar, não quis deixar de se associar à comemoração do seu 1º aniversário enviando este vídeo:


A esta ventania de hoje


Fúria nas trevas o vento
Num grande som de alongar,
Não há no meu pensamento
Senão não poder parar.

Parece que a alma tem
Treva onde sopre a crescer
Uma loucura que vem
De querer compreender.

Raiva nas trevas o vento
Sem se poder libertar.
Estou preso ao meu pensamento
Como o vento preso ao ar.

Fernando Pessoa, Cancioneiro

Enviado pela Carmela

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Exposição "500 anos de História de um Arquipélago"


No Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa. Só até 6 de Março.

Les Voyages de Loïs - Le Portugal



O Blog Alix.Mag começou a levantar o véu sobre a obra de Luís Diferr e Jacques Martin "Le Portugal" da série "Les Voyages de Loïs", a ser publicada em Abril e publicou duas imagens, que aqui reproduzo.

Esta obra vai ter edição em francês pelas Éditions Casterman na Bélgica e em português pelas Edições Asa em Portugal.


Imagens:
1. Terraço da Torre de Belém
2. Igreja do Mosteiro dos Jerónimos
(Copyright de Luís Diferr, Jacques Martin e Éditions Casterman)

Jacques Martin não desejou que os seus heróis morressem com ele




Jacques Martin, o autor francês de Banda Desenhada recentemente falecido, não queria que os heróis por si criados o acompanhassem para a tumba.

Pode ler-se mais sobre este desejo dele e de outros autores igualmente famosos, na revista CASEMATE de Março, donde reproduzimos um fragmento do artigo.

Clique sobre as imagens para ampliar e ler.

Cortesia de Stéphane Jacquet, Alix.Mag.

Do colaborador Luís Diferr recebi o seguinte esclarecimento, que deixo aos leitores como adenda:


Imagem 1 da esquerda para a direita:

- Edgar P. Jacobs, autor de Blake e Mortimer;
- Paul Cuvelier, autor de Corentin;
- Tibet, autor de Ric Hochet;
- Hergé, autor de Tintin;
- Michel Greg, autor de Achille Talon e argumentista de séries como Bernard Prince, Comanche, Luc Orient, Olivier Rameau, Bruno Brazil;
- Jacques Martin, autor de Alix, Guy Lefranc, Orion, e argumentista das séries Jhen, Loïs, Arno e Kéos;
- Jean Graton, autor de Michel Vaillant;
- Albert Weinberg, autor de Dan Cooper.

Madeira - crónica de uma tragédia anunciada



(vídeo recebido por e-mail)

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Escola Secundária D. João V - 30 anos



A Escola Secundária D. João V na Damaia, concelho da Amadora, fez 30 anos de existência.

O dia da Escola foi comemorado com diversas actividades e exposições durante o dia e uma festa à noite, que juntou os antigos funcionários e professores (já aposentados) com aqueles que ainda estão em exercício.

Para o evento foram ainda convidados muitos dos professores que prestaram longos anos de serviço naquela instituição e se encontram agora a exercer a docência noutros estabelecimentos, dando origem a um reencontro muito agradável.

A gravura acima foi especialmente concebida para esta comemoração por três professores do grupo das Artes.

Muitos parabéns e longa vida à D. João V!


Imagens:
1. Pintura retrato de D. João V
2. Serigrafia de autoria de Zélia Santos, Maria Bela Garnel e Eduardo Mendes

Video sobre a Gripe A realizado por alunos da ESA



O vídeo é da autoria dos alunos do curso profissional de Audiovisuais da Escola Secundária da Amadora e candidata-se ao concurso "Gripe, câmara, acção!", cujo júri conta com membros da Associação Viver a Ciência, do Instituto Gulbenkian de Ciência e da RTP.

Isabel Alçada desdramatiza Acordo Ortográfico


"A ministra da Educação defende que os professores com um simples lápis devem fazer o exercício com os alunos de corrigirem a antiga grafia dos livros.

A ideia foi deixada esta tarde na sessão oficial de abertura das Correntes d’Escritas, o encontro de escritores, que decorre na Póvoa de Varzim.

Isabel Alçada, que defendeu a aplicação do Acordo Ortográfico nas escolas no ano lectivo de 2011/2012, considera que não se trata de uma tarefa complicada, terá os seus ritmos, mas os professores poderão já começar a ajudar.

Vasco Teixeira, administrador da Porto Editora e membro da Comissão do Livro Escolar, até não vê com maus olhos a ideia, mas lembra que o Acordo vai levar mais tempo a ser aplicado.

“Não é possível num único ano lectivo substituir os livros e os manuais todos que temos no país, não só pelos prejuízos que isso podia causar aos editores, mas sobretudo pelos prejuízos que causava às famílias”, argumenta.

Há que fazer um planeamento da implementação do Acordo Ortográfico em “dois ou três anos lectivos” e Portugal deve atender aos ritmos da lusofonia africana, defende
Vasco Teixeira."


Rádio Renascença, 24 de Fevereiro de 2010

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Solidariedade com as vítimas da Madeira


A partir do dia 23/ Fevereiro, os CTT lançam uma campanha nacional de recolha de bens essenciais para envio para a Madeira, no âmbito do seu Programa de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social, com aceitação em todas as 900 Estações de Correio do País.

Basta a qualquer pessoa dirigir-se a uma Estação de Correios, pedir a caixa solidária grátis, enchê-la com os bens e marcar como destinatário a palavra MADEIRA.

Não é preciso selo nem mais morada e o envio é grátis. Os CTT tratam de entregar os bens.

A Instituição destinatária será a Caritas da Madeira que, já informou que estavam a precisar principalmente dos seguintes produtos/bens:

Lençóis
Cobertores
Mantas
Almofadas
Roupa interior (H/ S e criança)
Roupa em geral
Produtos de higiene
Fraldas
Leite em pó
Comida para bebé
Enlatados

(Enviado pela Gabi)

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Presentes de aniversário do Blogue



No meio de muito trabalho de elaboração e correcção de testes, chegam-me alguns presentes por conta do 1º aniversário do Blogue.

Como se pode ver pelos exemplos, há presentes mais tradicionais e outros mais irreverentes, como o anjo que aterrou, não na minha varanda, mas no meu PC, o que não deixa de ter a sua graça.

São todos deliciosos e para partilhar com os/as leitores/as!

Agradecerei pessoalmente aos meus colaboradores estes e outros mimos!

Esta música é para mim muito especial e representa o diálogo entre culturas.


"Je t'aime Yamore"...

Pérola de Cultura - 1º Aniversário



Fotografia de Anabela Magalhães

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Em tempos antigos era assim


"Na Infância as escolas ainda não tinham fechado.
Ensinavam-nos coisas inúteis como as regras da sintaxe e da ortografia, coisas traumáticas como sujeitos, predicados e complementos directos, coisas imbecis como verbos e tabuadas.
Tinham a infeliz ideia de nos ensinar a pensar e a surpreendente mania de acreditar que isso era bom.
Não batíamos na professora, levávamos-lhe flores."


Rosa Lobato Faria

Texto enviado pela Becas

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Desastre na Madeira



Nunca pensei vir a utilizar esta belíssima canção de Michael Jackson a propósito de um desastre desta dimensão em Portugal.

Como sempre há que tirar lições dos desastres naturais, pois a eles não é alheia a mão do homem: há que pensar que tipo de ordenamento territorial queremos nas nossas cidades, vilas e aldeias e parar de construir edifícios pelas encostas acima, sem atender à necessária florestação para segurar as terras.

Parece que continuamos a ter a tendência de pensar que as coisas más só acontecem aos outros; hoje enquanto via as imagens desta desolação, parecia-me que estava a assistir aos videos das derrocadas no Brasil, onde as pessoas empoleiram casotas pelas encostas acima formando favelas. Costumamos associar as desgraças à miséria, à fome e às más condições de vida. Aqui não era isso, era um destino turístico, chique e caro, onde reina há 30 anos um governante pretensioso...

Conto de fadas ou abuso do trabalho infantil?




Júlia Lira, de sete anos, autorizada pela juíza da Vara de Infância e Juventude brasileira a desfilar no Sambódromo do Rio de Janeiro como "rainha da bateria" da Escola de Samba Viradouro, causou enorme polémica junto dos organismos de protecção de menores brasileiros, que receiam o futuro aproveitamento deste facto para o abuso de crianças.

No canal CNN destacou-se o enorme apelo sexual tradicionalmente atribuído às actrizes e modelos que têm vindo a desempenhar este papel, o que não condiz com a pouca idade e inocência desta menina.

Júlia rompeu em lágrimas perante o stress das câmaras de televisão, mas depois desfilou na Marquês de Sapucaí mais de 50 minutos, demonstrando a vontade indómita de quem parece ter nascido com o samba no pé...

... ou de quem fez questão de explorar a sua imagem e o seu talento...


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Dalai Lama em Washington - reacção da China


A presença do Dalai Lama na Casa Branca suscitou reacções adversas do governo chinês, que sugeriu que Barack Obama, ao preocupar-se com os direitos humanos dos tibetanos, estaria a interferir nos assuntos internos do país.
Entretanto já foram pedidas explicações ao Embaixador Norte-americano em Beijing.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Dalai Lama na Casa Branca


Apesar dos protestos da China, Obama recebeu hoje o Dalai Lama na Casa Branca, conforme tinha feito anunciar.

A China, que já chegou a considerar o Dalai Lama como sendo "um perigoso separatista", fez fortes pressões sobre Obama para que este não recebesse o líder espiritual do Tibete no exílio, uma vez que esta visita se traduz não só num estreitar de relações entre os dois chefes de Estado, mas também num apoio explícito à causa tibetana da parte do presidente norte-americano.

Em causa estão os direitos humanos do povo tibetano, cuja cultura tem vindo a ser sistematicamente esmagada pelas autoridades da China, que reprimem todas as suas manifestações, negando os mais elementares direitos aos cidadãos de estudar, rezar ou cantar na sua língua.

Para não falar nas prisões, violência e torturas exercidas sobre intelectuais, monges ou estudantes tibetanos; além disso tem vindo a ocorrer a destruição do património arquitectónico, como mosteiros e escolas do budismo tibetano, que foram queimados, florestas arrasadas e aldeias devastadas. Em nome do domínio administrativo da "Grande China"!

Faz lembrar o que os registos históricos contam que o "Homem Branco" fez aos Índios da América do Norte ao destruir manadas inteiras de bisontes para assim destruir a sua principal forma de subsistência...

Obama acaba de marcar um ponto para o seu merecimento do Prémio Nobel da Paz.
Espero que outros se venham a verificar.

Fernando Nobre candidata-se a PR


No Blogue do Dr. Fernando Nobre, a quem a maior parte das pessoas conhece pela sua intervenção na AMI (Assistência Médica Internacional), pode ler-se a seguinte carta:

"Caros amigos,

Decidi escrever estas linhas, no sentido de vos comunicar pessoalmente uma decisão de fundo que tomei enquanto cidadão independente e em nome dum imperativo moral e de consciência para Portugal, uma vez que tenho, por quem acompanha este blog, a maior consideração e respeito.

Resolvi assumir um compromisso com o meu país, Portugal. Serei candidato independente, apartidário e em nome da cidadania, a Presidente da República, nas próximas eleições de 2011.

Esta é uma decisão estritamente pessoal, enquanto cidadão que sou. Muito tenho escrito e dito sobre o dever de todos nós exercermos a nossa cidadania de uma forma activa e corajosa. Sinto que o País atravessa um período em que constantemente se põem em causa os valores e as pessoas, as promessas e os projectos. E sei a gravidade que essa atitude generalizada tem no futuro de todos nós. Acredito em Portugal! Acredito nos portugueses e nas suas capacidades. Somos, no mínimo, tão bons como qualquer outro povo do Mundo. E é isso que pretendo provar, candidatando-me a um lugar no qual penso poder fazer a diferença e dar o exemplo.

Informo por outro lado que a AMI, enquanto instituição absoluta e rigorosamente apolítica, não se imiscuirá neste assunto, estando completamente à margem deste processo.

Sou e serei sempre um ser livre. Rejo-me e reger-me-ei sempre por valores em que acredito e não por qualquer outro tipo de ambição. E neste momento acredito poder vir a ser mais útil num outro contexto.

Espero que compreendam as minhas palavras quando, sexta-feira ao fim da tarde, no Padrão dos Descobrimentos, a minha decisão de candidatura for, por mim, tornada pública. E quero que saibam que a minha motivação é exclusivamente uma: acreditar que posso fazer a diferença, não me acomodando nunca."


Esta candidatura surpreende-me pela positiva, pois ando verdadeiramente cansada dos políticos profissionais. Para variar, seria bom que por uma vez a democracia representativa cedesse lugar à democracia participativa, colocando cidadãos empenhados e socialmente idóneos em lugares de poder.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Enterro do Entrudo e início da Quaresma














Depois das festividades de terça-feira gorda, enterra-se o Entrudo e iniciamos a quaresma.

Para não quebrar a tradição cristã, deixo aqui algumas sugestões de pratos sem carne, já que a mesma é um alimento a evitar por alguns na quadra que hoje se inicia.

Sem cair em fundamentalismos, recomendo que se aproveite a Quaresma para consumir menos carne e recuperar alguns pitéus da culinária tradicional de Portugal, que é um país cuja gastronomia tem muito em comum com os países mediterrânicos.

Deixo algumas sugestões de pratos à base de produtos do mar, a pensar sobretudo naqueles/as cuja imaginação na cozinha às vezes parece estar à beira do esgotamento:

- Bacalhau à lagareiro com batatas e grelos;
- Robalo com batatas assadas e espinafres;
- Camarões salteados em manteiga e alho;
- Arroz de polvo malandrinho;
- Açorda com carapaus fritos;
- Lulinhas fritas à algarvia;
- Caldeirada de peixes;
- Mexilhões no vapor.

Não esquecer das boas sopas tradicionais portuguesas de hortaliças e legumes, assim como as saladas e as frutas.

Isto da Quaresma pode ser um bom pretexto, senão vejamos: se andarmos 40 dias a comer basicamente peixe, hortaliças e frutas baixamos colesterol, triglericéridos, ácido úrico e outras matérias nocivas no sangue.

Se uma vez por outra se ceder à tentação de um pouco de queijo artesanal ou um (1 unidade, não uma caixa!) pastel de Belém, ninguém morre por causa disso.

Dizem os entendidos que faz bem à saúde, pelos anti-oxidantes que contém, tomar um copo de vinho tinto regularmente, que se sugere seja de boa qualidade.

E no dia de Páscoa que venha então o borrego.
Mas só por um dia!