segunda-feira, 31 de maio de 2010

80 anos do pistoleiro










Clint Eastwood faz hoje 80 anos. Começou a fazer filmes - e foram dezenas! - em 1955, ora como actor, ora como realizador e, durante cinco décadas consecutivas, encantou sucessivas gerações de admiradores e cinéfilos. Recebeu quatro Óscares e tem sido um dos nomes mais respeitados do cinema americano.

Quando Clint Eastwood começou a fazer filmes ainda eu não sonhava em nascer e era o meu pai um adolescente a despertar para os encantos do mundo mágico do Cinema. Mais tarde, pela sua mão vi "Por um punhado de Dólares", "O Bom, o Mau e o Vilão", "Dirty Harry" e vários outros. Mas foram filmes como "As Pontes de Madison County" (com Meryl Streep), de 1995, ou "The Changelling" (com Angelina Jolie), de 2008, que verdadeiramente me encantaram e me fizeram descobrir a grande sensibilidade de Eastwood enquanto realizador.

O último grande filme, também de 2008, foi Gran Torino. Mas muita gente continua a ver filmes como "Bird", "Mystic River" ou "Million Dollar Baby".

Parabéns ao senhor charme. Long life, Clint Eastwood!

A melhor foto da manifestação de 29 de Maio


Foto daqui.

Olá Mãe!


Olá Mãe!
Tanta coisa para dizer, tanta para sentir,
Mas a morte levou-te,
... e eu deixei-te partir.
Senti-lhe a presença,
vi-a trespassar-te o coração;
Nos teus olhos o espanto, a tristeza,
uma vil e cruel certeza
e a mágoa duma atroz solidão.
...

O Mundo pareceu-me uma bola de pó,
grande de ilusão, pequeno de coragem,
escuro, instável, desesperado,
facilmente despedaçado
por qualquer leve aragem,
triste e eternamente só !
...

Grito,
surdo por um mar de dores,
mudo pela verdade eterna, que imaginamos
num Mundo de mentira, sem esperança,
onde a morte surge
entre a vida que ninguém alcança ...

j. m. marques

domingo, 30 de maio de 2010

Adivinha que assenta que nem uma luva em...



O Que Será

Chico Buarque/Milton Nascimento

O que será, que será?
Que andam suspirando pelas alcovas
Que andam sussurrando em versos e trovas
Que andam combinando no breu das tocas
Que anda nas cabeças anda nas bocas
Que andam acendendo velas nos becos
Que estão falando alto pelos botecos
E gritam nos mercados que com certeza
Está na natureza
Será, que será?
O que não tem certeza nem nunca terá
O que não tem conserto nem nunca terá
O que não tem tamanho...

O que será, que será?
Que vive nas idéias desses amantes
Que cantam os poetas mais delirantes
Que juram os profetas embriagados
Que está na romaria dos mutilados
Que está na fantasia dos infelizes
Que está no dia a dia das meretrizes
No plano dos bandidos dos desvalidos
Em todos os sentidos...

Será, que será?
O que não tem decência nem nunca terá
O que não tem censura nem nunca terá
O que não faz sentido...

O que será, que será?
Que todos os avisos não vão evitar
Por que todos os risos vão desafiar
Por que todos os sinos irão repicar
Por que todos os hinos irão consagrar
E todos os meninos vão desembestar
E todos os destinos irão se encontrar
E mesmo o Padre Eterno que nunca foi lá
Olhando aquele inferno vai abençoar
O que não tem governo nem nunca terá
O que não tem vergonha nem nunca terá
O que não tem juízo...

Pronto, eu dou uma ajudinha...

Ó pra ele, tão contenti!

Erro de transmissão do staff....?


Afinal não era Chico Buarque que tinha pedido para conhecer o primeiro ministro português, mas sim o contrário. Diz Chico Buarque que isso nem faria qualquer sentido, já que Sócrates é que foi ter a sua casa...
Enfim, Chico Buarque é um senhor, lá o recebeu e até lhe ofereceu um café. Mas certamente desconhecia era que José Sócrates tem este pequenino problema de infância que lhe faz crescer o nariz...
O cantor mostrou alguma indignação face à versão ventilada, apressando-se a desmenti-la.
Mas as desventuras não ficaram por aqui: José Sócrates teve a deselegância de cancelar convites para um jantar agendado para o consulado, com diversas personalidades da vida cultural brasleira, como a actriz Marília Pêra, o futebolista Zico e o compositor Caetano Veloso, amigo de longa data de Chico Buarque!


Detalhes da notícia no Público e no DN.

A Casa-Museu de Freud em Londres




A relação entre a psicanálise e a arte representa uma das reflexões, implícitas no pensamento de Freud, que veio acrescentar elementos para o estudo da Estética, desvelando os processos de criação artística e articulando-a com os processos psíquicos inconscientes.

O pensamento de Freud procurou alcançar através da psicanálise, uma visão filosófica do mundo. A filosofia tida como uma disciplina reflexiva universal embate necessariamente na psicanálise como um dos fenómenos mais importantes da cultura contemporânea, não apenas porque o objecto da psicanálise constitui, também, um dos temas eternos da reflexão filosófica, mas porque a originalidade do pensamento psicanalítico diz directamente respeito à filosofia. Tal como a filosofia, a psicanálise tem uma atitude que consiste em procurar não, apenas, a causa material dos problemas, mas o seu sentido, a sua finalidade oculta.

Visitar a casa onde Freud viveu em Londres, a Freud London Museum em 20 Maresfield Garden, é uma extraordinária experiência. Ali pode-se observar o espaço que ele percorria, o jardim, a sala repleta de estantes com as suas obras de arte, os seus 2522 livros e o famoso divã.

BECAS

sábado, 29 de maio de 2010

Ecos do Rock in Rio-Lisboa





Impedida de estar presente nesta edição, os ecos e a vista deste festival chegaram-me a partir do meu sofá.

Já aqui tinha referido a satisfação de rever Ivete Sangalo e Shakira, e a emoção produzida pelo concerto de Elton John, que me deixou sem palavras. Também se pode ler mais abaixo sobre a reunificação dos elementos do Trovante especificamente para esta ocasião, em que o Rock in Rio faz 25 anos.

Este fim de semana pude constatar a qualidade de dois intérpretes diferentes, mas com origem geográfica comum, a Escócia: Snow Patrol e Amy MacDonald.
Fiquei absolutamente rendida a estas duas linhas distintas de fazer música: ambos os casos são excelentes.

A Escócia a marcar pontos no panorama musical europeu e o Reino Unido a dar cartas nesta edição do Rock in Rio-Lisboa.

Passei rapidamente por Miley Syrus só para me certificar daquilo que já suspeitava: um sub-produto sem qualidade. Não sabe cantar e a opção estética de gosto mais que duvidoso, fazem-me antever uma reedição de Britney Spears no seu pior.


Para saber mais sobre estes artistas consulte:
Site oficial de Amy MacDonald
Site oficial de Snow Patrol

Hoje Manifestação



Não me foi possível participar, mas saúdo os professores que foram juntar-se à manifestação.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Apetece desatar aos gritos

Apanhar uma virose que nos põe ko na pior altura do ano lectivo, com os testes por corrigir, as avaliações por fazer...

Fazer piruetas para conseguir dormir sem sucesso, tal o mal estar e as dores de cabeça...

Sair de casa que nem zombie ao fim de três dias, por imperativo médico, com pior aspecto do que se tivesse feito a noitada que os alunos fizeram no Rock in Rio-Lisboa e as pernas a não terem força nem para conduzir...

Ser "apanhada" na rua, no meio do barulho, com uma chamada da Escola no telemóvel, a convocar para entregar provas de recuperação urgentes, em 48 horas úteis, por causa de alunos que andaram todo o ano numa boa, sem se maçar a ir às aulas...

E uma outra voz, ali mesmo ao lado, a "lembrar" que é o último dia para a entrega do IRS...

"Então, doutora, está boa?"

Eu? Hein?

!?*#^/*+»+?!)*/&$%#"!!!!

Forum Educação começa hoje

(Clique sobre a imagem para ler o programa)


Iniciativa do Bloco de Esquerda
Mais informações em http://www.esquerda.net

segunda-feira, 24 de maio de 2010

It's raining again!



Supertramp! Exacto, esses mesmo!

Katie Melua num novo estilo



Este clip apresenta uma nova estética, que não é habitual ver em Katie Melua: com um sabor do medieval ao clássico, com uns senhores assim entre o estilo remadores do Ben-Hur e lutadores de artes marciais, e ela de vestido negro comprido com armações e acessórios de cabedal, assim para o dominadora, esta nova proposta é, em todos os aspectos, surpreendente.

Como sempre com uma prestação vocal muito boa, pode dizer-se que Katie Melua quis descolar-se do estilo delico-doce de menina cantora de baladas e passou para um registo mais ousado e adulto. A ver e ouvir com atenção.

VI Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja


De 27 de Maio a 13 de Junho

Informações on-line, em www.festivalbdbeja.net - Tudo sobre os autores, sobre a Programação Paralela (apresentação de projectos, conversas à volta da banda desenhada, cinema, concertos, lançamentos, noites temáticas, sessões de autógrafos, workshops, etc), como chegar, onde ficar, etc...

Organização:
Câmara Municipal de Beja - Bedeteca de Beja
Parceria: Museu Regional de Beja / Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja

Núcleos do Festival:
Casa da Cultura (núcleo principal)
Conservatório Regional do Baixo Alentejo
Galeria do Desassossego
Galeria dos Escudeiros
Instituto Politécnico de Beja
Museu Jorge Vieira - Casa das Artes
Museu Regional de Beja

Contactos:
bedetecadebeja@yahoo.com
Tel.: (00351) 284 313 312

Bedeteca de Beja
Edifício da Casa da Cultura
Rua Luís de Camões
7800-508 Beja
PORTUGAL

Auto-retrato


"gostava de ser o vento,
correr entre as folhas caídas do outono,
assobiar maliciosamente entre os cabelos
abafando os medos e os pesadelos,
ser de mim próprio o dono,
ser eu a todo o momento.
mas não sei voar...
nem correndo rapido na imaginação,
nem tornando a folha num tapete mágico.
Sou somente em cada instante trágico
uma vírgula isolada numa escassa imensidão,
um ponto distante parado no ar.
Que me resta desta imagem fosca e fugidia
senão procurar o caminho real da vida
e deixar a imaginação lá no fundo escondida
entre as letras de qualquer libertina poesia..."


j.m.marques 2010

Pintura: Monet - árvores de inverno

domingo, 23 de maio de 2010

Beto partiu aos 43 anos



Trovante – oito magníficos



Por ocasião das comemorações dos 25 anos do 25 de Abril o então Presidente Jorge Sampaio endereçou um convite aos elementos do Trovante para que se juntassem e fizessem um concerto especial para essa data.
Tive o privilégio de estar presente com o meu irmão nesse momento inesquecível no Pavilhão Atlântico. Ambos ficámos convencidos de que se trataria de uma ocasião única e irrepetível.
Agora sucedeu o inimaginável: o Trovante tornou a juntar-se na altura em que se comemoram os 25 anos da criação do Rock in Rio!
Hoje foi mais um momento de grande alegria para muitas pessoas que, como eu, assistiram ao nascimento, crescimento e evolução do Trovante, e que reagiram com pesar à separação do grupo em 1991.

Deixo aqui dois fragmentos significativos do concerto anterior:






Além destas, houve outras belíssimas canções no alinhamento de hoje:

Perdidamente
Noite de Verão
Saudade
125 Azul
Timor

Hoje foram oito os magníficos do Trovante: José Salgueiro, Luís Represas, João Nuno Represas, Artur Costa, José Martins, Fernando Júdice, João Gil e Manuel Faria.

Se um dia destes ler por aí a notícia de que os ABBA se vão juntar para um concerto, já não irei dizer que é impossível!


Imagem 1: Trovante "Uma Noite Só" há 11 anos
Imagem 2: Trovante no início da carreira.

Elton John no Rock in Rio - grande momento

Entre as muitas canções do alinhamento desta noite no Parque da Belavista, deixo aqui duas que me agradam particularmente:





Outros momentos altos foram as canções:
Daniel
Sacrifice
Goobye Yellow Brick Road
Can You Feel the Love Tonight
Rocket Man
Crocodile Rock
Candle in the Wind

Demasiado emocionada para fazer comentários.

sábado, 22 de maio de 2010

Grande noite no Rock in Rio


ALTERADOS HORÁRIOS DO PALCO MUNDO NO DIA 22

"O Rock in Rio-Lisboa 2010 anunciou hoje que, por motivos a alheios à organização, os horários das actuações de dia 22 de Maio do Palco Mundo sofreram alterações.

Os artistas deverão assim subir ao Palco Mundo pela seguinte ordem:

João Pedro Pais – 19h00
Leona Lewis – 20h30
Elton John – 22h15
Trovante – 00h30
2 Many Djs Live – 02h00"


Na imagem: Elton John e Leona Lewis.
No dia 29 de Maio actuarão os Xutos e Pontapés.

Trovante - juntos nos 25 anos do Rock in Rio



"A convite da organização do Rock in Rio-Lisboa, os Trovante aceitaram reunir-se para um concerto único onde serão recordados os temas que assinalaram o seu percurso. No dia 22 de Maio, o mesmo dia em que o Rock in Rio vai celebrar os seus 25anos, a banda junta-se ao cartaz para uma reunião inédita.

Acompanhámos um dos ensaios dos Trovante e estivemos à conversa com alguns dos membros da banda para saber que surpresas reservam para a sua actuação no Palco Mundo.

Desde 1991, data em que a banda anunciou oficialmente o seu fim, esta será a terceira vez que se reúnem. Os Trovante, grupo formado no Verão de 1976, em Sagres, era inicialmente composto por João Nuno Represas, Luís Represas, Manuel Faria, João Gil e Artur Costa. Mais tarde Fernando Júdice, António José Martins e José Salgueiro juntaram-se ao grupo.

Têm no seu repertório temas como “125 Azul”, “Noites de Verão”, “Outra Margem”, “Perdidamente”, “Timor”, entre outros."


Retirado daqui.

A primeira noite do Rock in Rio 2010

Pelo que me foi dado ver na SIC Mulher, tanto Ivette Sangalo como Shakira continuam em grande forma. Cantaram com a habitual desenvoltura e simpatia, desencadeando um grande entusiasmo no público, que encheu a plateia em pé do Palco-Mundo.
Um grande show, ou não se tratasse de duas grandes cantoras latinas!
Dispensei os restantes artistas do programa, como Mariza.

Esta música, uma das minhas preferidas de Shakira, ficou-me a faltar...




Esta foi a música de abertura, aqui com um visual mais de acordo com a sua ascendência libanesa:



A incontornável Ivete Sangalo, dançando a lambada no Rock in Rio-Lisboa em 2008. Ontem repetiu este tema, com minissaia preta e botas de saltos de agulha...



Recordo aqui Ivete Sangalo no primeiro Rock in Rio-Lisboa, em 2004.
Acreditem ou não, eu estava no meio da multidão, bem perto do palco, aos pulos e a comer poeira... mas foi muito lindo!


Professor condenado por chamar "preto" a aluno


Noticia o Público que um professor de Música foi condenado no Tribunal de Santarém a pagar uma multa de 1000 euros por ter dito a um aluno que entrou atrasado na sala de aula "entra lá ó preto".

A decisão resulta da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, que considera que o comportamento do professor configura a prática de crime de discriminação racial.

Segundo os testemunhos de outros alunos, este professor já tinha incorrido em formas de expressão menos próprias no tratamento aos alunos, chamando-lhes "cães" e "palhaços".

Quando a função educativa já é tão difícil e a reputação da classe docente se encontra em tão maus lençóis depois da campanha de desautorização que a equipa ministerial de Maria de Lurdes Rodrigues conseguiu fazer, é muito triste que haja profissionais que se põem tão a jeito para a opinião pública continuar a sua cruzada contra os professores.

Lamentável, do meu ponto de vista, que se chegue aqui e que alguns professores contribuam para denegrir a imagem da classe.

Não se pode permitir o bullying na escola, venha ele de onde vier; e a má educação dos jovens não pode ser combatida com este tipo de práticas, que não educam para o respeito e a cidadania.


Ler o artigo aqui.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Esta Playmate não era de Mirandela

Foi o que lhe valeu para alcançar o estrelato!

A intolerância dos católicos é divina


"Ontem à noite, na ponta final do telejornal da RTP 1, vi uma reportagem sobre um grupo de cidadãos, assumidamente católicos apostólicos romanos, que se deslocam diariamente para a porta de uma clínica de "abortos", em Lisboa. E, aí, rezam com afinco e fé, de rosário na mão. "Pai-nosso que estás no céu..." diziam uns, enquanto outros respondiam: "Ave-Maria cheia de graça...". Ri como há muito tempo não me ria. E sabem porquê? Aqueles devotos eram os mesmo que há duas semanas chamaram todos os nomes à iniciativa de outro grupo de cidadãos que lhes passou pela cabeça distribuir preservativos à saída das missas celebradas por "sua santidade". Os caminhos da fé são, para mim, insondáveis. E os caminhos da intolerância, também."

Tomás Vasques, Expresso, 21 de Maio de 2010

Rock in Rio-Lisboa arranca já hoje




É esta a agenda para hoje na cidade do Rock, com o verão já por aí a chegar; é pelo Palco Mundo que passarão os mais importantes nomes do cartaz deste que já é considerado o maior evento musical do Mundo.

- Shakira
- John Mayer
- Ivete Sangalo
- Mariza


quinta-feira, 20 de maio de 2010

Quase


"Um pouco mais de sol - eu era brasa,
Um pouco mais de azul - eu era além
Para atingir, faltou-me um golpe de asa ...
Se ao menos eu permanecesse aquém ...

Assombro ou paz ? Em vão ... Tudo esvaído
Num grande mar enganador d´espuma;
E o grande sonho despertado em bruma,
O grande sonho - ó dor ! - quasi vivido ...

Quasi o amor, quase o triunfo e a chama,
Quasi o princípio e o fim - quasi a expansão ...
Mas na minh´alma tudo se derrama ...
Entanto nada foi só ilusão !

De tudo houve um começo ... e tudo errou ...
- Ai a dor de ser-quasi, dor sem fim ...
Eu falhei-me entre os mais, falhei em mim,
Asa que se elançou mas não voou ...

Momentos de alma que desbaratei ...
Templos aonde nunca pus um altar ...
Rios que perdi sem os levar ao mar ...
Ânsias que foram mas que não fixei ...

Se me vagueio, encontro só indícios ...
Ogivas para o sol - vejo-as cerradas;
E mãos d' heroi, sem fé, acobardadas,
Puseram grades sobre os precipícios ...

Num ímpeto difuso de quebranto,
Tudo encetei e nada possuí ...
Hoje, de mim, só resta o desencanto
Das coisas que beijei mas não vivi ...

Um pouco mais de sol - e fora brasa,
Um pouco mais de azul - e fora além.
Para atingir faltou-me um golpe d´asa ...
Se ao menos eu permanecesse aquém ..."


Paris, 13 de Maio de 1913

Mário de Sá-Carneiro, que faria 120 anos.

XX Festa do Espírito Santo

Recebi esta mensagem, com pedido de divulgação:

"O Convento Sonho e a Associação Agostinho da Silva organizam no próximo Domingo, dia de Pentecostes, a XX Festa do Espírito Santo, recriada há 20 anos por inspiração directa do Professor Agostinho da Silva.

O encontro é junto ao Convento da Arrábida (Fundação Oriente), às 11 h. Venham passar um dia diferente e tragam algo para o piquenique em conjunto. Serão lidos textos, apresentada a revista Cultura ENTRE Culturas, por António Cândido Franco, e o livro "Uma Visão Armilar do Mundo", de Paulo Borges.

Esta Festa é aberta a todos: crentes de todas as confissões, ateus, agnósticos e sem rótulo. O Espírito é a santidade/saúde/sacralidade de tudo e todos."

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Há que não desistir

Miguel Portas - a coragem de dar o exemplo


(Vídeo recebido por e-mail)

Miguel Portas, além de demonstrar imensa coragem e frontalidade, conseguiu enfrentar o tabu essencial de ser capaz de criticar privilégios que mexem com os próprios interesses. O que, temos de convir, é uma raridade. Parabéns, Miguel!

Uma espécie de pousio


"Sobre aquilo de que não conseguimos falar, é melhor calarmo-nos."

Ludwig Wittgenstein

terça-feira, 18 de maio de 2010

Conferência-debate sobre os pensadores do Socialismo 2


Na Livraria Ler Devagar/LX Factory, dia 18 de Maio às 21 horas.
Rua Rodrigues Faria, nº 103, Alcântara, Lisboa

Clique na imagem para ampliar.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

O melhor de tudo é dançar!







Agora experimentem em japonês; tem muita piada!



A pedido (insistente) de Luís Diferr , grande fã desta dança.

Dia Mundial contra a Homofobia


Por estranha coincidência (?) neste que é mundialmente assinalado como Dia contra a Homofobia, o Presidente da República vai falar na televisão sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Por (mais outra?) coincidência, poucos dias após o Papa Bento XVI ter defendido em Fátima "o casamento indissolúvel entre um homem e uma mulher" como único modelo de família.

Actualização:

Cavaco Silva acaba de anunciar a sua decisão de, embora com discordâncias, promulgar a lei.
Os homossexuais deste país que desejarem formalizar a sua união já poderão fazê-lo em situação idêntica à de todos os outros casais.
Portugal acaba de banir assim um factor de discriminação entre seres humanos.


(Post actualizado às 20:37)

O Vaticano - a permanente indigestão


São tantas as incongruências e as pontas deixadas pelo caminho no comportamento da Igreja de Roma, que o mínimo que se pode dizer é que esta instituição não me convence da sua honestidade e pretensa transparência.

Perante a onda de religiosidade efusiva que tem varrido o país nos últimos dias, não há publicação decente que não tenha feito dossiers mais ou menos exaustivos sobre as histórias da pedofilia no seio da Igreja, o silêncio cúmplice do Papa e as respectivas omissões.

Depois dos discursos inflamados de apelo à tolerância e compaixão, alguns dos quais me dei ao trabalho de ouvir, fica-me de tudo aquilo uma sensação de inautenticidade e falta de consistência.

O então Cardeal Josef Ratzinger esteve desde 1981 até 2005 à frente da Congregação da Doutrina da Fé, a instituição que sucedeu à Inquisição. Os chamados "dissidentes liberais" foram perseguidos; e teólogos progressistas, como por exemplo, Leonardo Boff, do Brasil, foram excomungados.

Aos seus homens de confiança, encarregados de investigar os casos de abusos sexuais de menores no seio da Igreja, a dita Congregação recomendou votos de segredo e silêncio, à boa maneira da Mafia, ameaçando-os de excomunhão, caso quebrassem o dever de discrição, sendo considerados traidores.

O resultado foi o silenciamento criminoso de todos os casos que era possível calar e o escamotear sistemático das violações de crianças por responsáveis de paróquias e dioceses, perpetuando na prática o abuso e a violência sobre inúmeros menores, em vários países ao longo de décadas.

Um exemplo flagrante de impunidade é o caso do Wisconsin nos EUA, onde o Padre Murphy abusou de cerca de 200 crianças surdas, e, apesar dos repetidos avisos de bispos norte-americanos, o Vaticano e Ratzinger, então Arcebispo na Alemanha e prefeito da Congregação, nada fizeram para afastá-lo.

Segundo documentos da Igreja entretanto vindos à luz do dia, o agora Papa pura e simplesmente ignorava as cartas dos bispos (por exemplo do Milwaukee), às quais nem sequer dava resposta, e mandou arquivar um processo aberto por ordem do Cardeal Tarcísio Bertone (actual Secretário de Estado do Vaticano) para demitir o padre Murphy.

Apesar de D. Saraiva Martins falar num "plano bem organizado, com um objectivo claro", dando a entender que essa pretensa "conspiração" visava descredibilizar a Igreja por ocasião da visita do Papa a Portugal, é por demais evidente que sobre o Vaticano pesa o ónus da culpa.

O ter silenciado crimes tão repugnantes ao longo do tempo, sem nunca termos verdadeiramente assistido a excomunhões de responsáveis pela pedofilia, (crime muitas vezes "punido" com ligeireza através de simples transferências de diocese e sem os devidos procedimentos disciplinares dentro da instituição), constitui, no meu entender, motivo mais do que suficiente para não depositar qualquer confiança nesta Igreja nem no seu responsável máximo.

Quando irá o Vaticano reconhecer estes erros, que são em grande medida da responsabilidade daquele que dizem por aí ser o doce, santo, amigo, sucessor de Pedro e o maior pensador do século XXI?



Ilustração do topo: PBertrams, Hel Parool, Amsterdam.
2ª Ilustração: autor desconhecido.

domingo, 16 de maio de 2010

Le Portugal


Desenho: (c)Luís Diferr, Éditions Casterman.
Do livro "LE PORTUGAL", pág. 21.

Dedicado ao pintor João Alfaro, hoje, dia do seu aniversário.

Quem Sonha Mais?

"Quem sonha mais, vais-me dizer
Aquele que vê o mundo acertado
Ou o que em sonhos se foi perder?

O que é verdadeiro? O que mais será
A mentira que há na realidade
Ou a mentira que em sonhos está?

Quem está da verdade mais distanciado
Aquele que em sombra vê a verdade
Ou o que vê o sonho iluminado?

A pessoa que é um bom conviva, ou esta?
A que se sente um estranho na festa?"


Alexander Search, in "Poesia"

(Heterónimo de Fernando Pessoa)



Poema e vídeo enviado por L.A.

sábado, 15 de maio de 2010

Adolescente com muita estaleca


Mais faz quem quer que quem pode, diz o ditado.
Jessica Watson, australiana de 16 anos, dificilmente conseguiu convencer os pais a deixarem-na partir numa viagem à volta do mundo num veleiro de 10 metros, completamente sozinha e sem qualquer assistência à sua volta.
Voltou passados meses, sã e salva, ao porto de Sydney, onde era esperada por milhares de cidadãos entusiasmados junto à Sydney Opera House, e até o primeiro-ministro, que fez um discurso em sua homenagem.
Não é caso para menos, pois não é todos os dias que se assiste a uma tão grande demonstração de força de vontade e persistência, ainda por cima em tão tenra idade.
O seu barco, chamado Elle, é todo cor-de-rosa no interior, tal e qual como se de uma casinha de bonecas se tratasse. E trata-se, pois Jessica é mesmo quase uma menina...
Jessica bateu assim o recorde da navegação solitária em veleiro, mas há dúvidas sobre o seu registo no Guiness Book pelo facto de se tratar de uma menor.







LE PORTUGAL na FNAC


O livro de história ilustrado com textos e desenhos de Luís Diferr a partir de uma personagem de Banda Desenhada da autoria de Jacques Martin e Olivier Pâques, publicado pelas Éditions Casterman, encontra-se disponível desde ontem na cadeia de livrarias FNAC em Portugal.

O livro conta a viagem imaginária que Loïs, um artista da corte do rei Louis XIV, empreende a Portugal entre meados do século XVII e meados do século XVIII, passando pelos mais emblemáticos Palácios, Mosteiros e Solares do país.

Loïs vai realizando esboços e desenhos para levar ao seu Rei. Nesta obra está, por exemplo, profusamente reproduzida a cidade de Lisboa antes do terramoto, o que obrigou Luís Diferr a inúmeras pesquisas históricas e arquitectónicas sobre a cidade e os seus edifícios antes do terramoto de 1755.

Também a cidade do Porto e a paisagem do Douro vinhateiro estão representados. O livro inclui ainda páginas específicas dedicadas a desenhos de coches, mobiliário, personagens e trajes da época.

O lançamento da versão portuguesa publicada pelas Edições ASA está previsto para o início do mês de Junho.


Imagem: capa "Le Portugal" © Luís Diferr/Jacques Martin/Éditions Casterman

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Morreu um combatente pela Liberdade


O Professor José Luís Saldanha Sanches faleceu sexta-feira aos 66 anos, vítima de cancro.

No seu site pessoal lia-se assim:

"J. L. Saldanha Sanches, Doutor em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, é professor e jurisconsulto nas áreas de Direito Fiscal, Direito do Balanço e da Contabilidade, Direito Financeiro e das Finanças Públicas."

Actualmente leccionava na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e na Universidade Católica Portuguesa e frequentemente era solicitado pela comunicação social para comentar assuntos fiscais. Muitas vezes o ouvi com atenção admirando a sua erudição e lucidez.

Lembro-me dele muito antes da sua projecção mediática, ainda enquanto estudante da Faculdade de Direito, ao lado de Maria José Morgado, a sua companheira (hoje Procuradora-Geral Adjunta) e do Dr. Garcia Pereira (professor universitário).

Enfrentou a repressão, foi perseguido pelo regime e preso.
Habituei-me a respeitar as pessoas que, como ele, mesmo com elevados custos pessoais, lutaram para que nós, os mais novos, pudéssemos gozar da liberdade que hoje vivemos para escrever, falar e discutir as nossas ideias.

Presto-lhe aqui a minha sentida homenagem.

Pode ver aqui a reportagem da RTP.