quarta-feira, 8 de março de 2017

Recordar Marie Curie em homenagem ao Dia da Mulher




Em resposta ao deputado polaco do Parlamento Europeu, que defendeu que as mulheres, "por serem inferiores, mais pequenas, mais fracas e menos inteligentes, devem ganhar menos", só me apetece recordar ao senhor e a todos os machistas e retrógrados da Polónia que foi uma polaca a única mulher da História a ganhar dois prémios Nobel da Física, Marie Curie.
Foi Maria Sklodosvska Curie quem descobriu a radioatividade.
E era uma mulher pequenina! Mas uma grande cientista.
Tome lá e embrulhe, para lhe avivar a memória, senhor deputado Korwin-Mikke.
E tenha vergonha e juízo, que já tem idade suficiente para isso.

Dia Internacional da Mulher 2017

Carolina Beatriz Ângelo e Ana de Castro Osório - 1911

Enquanto uma em cada três mulheres no mundo sofrer violência doméstica;
enquanto por cada Euro ganho por um homem, a mulher receber apenas 0,83 cêntimos;
enquanto para a mulher ganhar o mesmo que um homem, tenha de trabalhar mais 61 dias por ano;
enquanto todos os anos morrerem milhares de mulheres vítimas de mutilação genital feminina;
enquanto houver discriminação no acesso aos postos superiores no trabalho e na política;
enquanto houver muitos milhares de mulheres que perdem o emprego por estarem grávidas;
continua a fazer todo o sentido assinalar o Dia Internacional da Mulher.

É bom ter em mente estes dados quando ouvirmos dizer que não se justifica continuar a comemorar este dia.
Muitas morreram para que hoje nós possamos gozar de alguns direitos adquiridos.
Por isso não se trata apenas de festejar, mas de continuar a lutar pela igualdade de direitos e oportunidades.
Feliz Dia da Mulher!

Daniel Craig, como 007, em apoio à Igualdade das mulheres





Traduzi, o mais fielmente possível, o pronunciamento de Judi Dench questionando Daniel Craig, que se vestiu com roupas femininas, numa campanha pela Igualdade das Mulheres:

“Are we equals, 007?


O homem ainda ganha mais do que a mulher pelo desempenho da mesma tarefa.
Ela tem 1 em 100 chances de ter uma carreira política ou tornar-se diretora de uma empresa.
Como homem tens muito menos chances de ser julgado por comportamento promíscuo e praticamente nenhuma chance de sofrer assédio sexual no teu local de trabalho.
30.000 mulheres no Reino Unido perdem os seus empregos por estarem grávidas, enquanto é praticamente impossível um homem ser prejudicado na sua carreira por tornar-se pai.
O mundo mudou, mas em 2011 os números persistem:
2/3 do trabalho bem feito é ainda desempenhado pelas mulheres no mundo, mas apenas 10% recebem proventos dele e apenas 1% detêm a sua propriedade.
Mas isto não diz respeito apenas a questões de poder ou dinheiro.
Em cada ano 70 milhões de raparigas no mundo são privadas de escolaridade básica e estima-se que outros 60 milhões são sexualmente molestadas no seu caminho para a escola.    
Nós temos medo de andar nas ruas à noite sozinhas e algumas de nós ainda temos mais medo de regressar sozinhas a casa.
Uma em cada quatro são vítimas de violência doméstica no Reino Unido e todas as semanas duas mulheres são mortas pelos atuais ou ex-companheiros.

Então 007 somos nós iguais?
Nós dois, sim. Mas nunca deixemos de o perguntar.”

Judi Dench, adjunta de James Bond, o agente secreto 007

8 de Março de 2011, pelo Dia Internacional da Mulher