sábado, 9 de março de 2019

Pedro Álvares Cabral partiu a 9 de Março


Caravelas da armada de Pedro Álvarez Cabral utilizadas na viagem de descoberta do Brasil. 
Livro de Lisuarte de Abreu, c.1558. The Pierpont Morgan Library, Nova York.

Depois de uma missa celebrada na ermida do Restelo, a que assistiram o rei D. Manuel e toda a Corte, a armada de Pedro Álvares Cabral zarpava da barra do Tejo, neste dia de 9 de Março de 1500, rumo a Calecut, viagem que resultou na “descoberta” do Brasil. 
O comandante, que então teria pouco mais de trinta anos, tinha a seu mando uma poderosa armada de 13 naus. O objetivo era realmente a cidade de Calecut, na Índia, onde era preciso reafirmar a dominação portuguesa depois da viagem de exploração que Vasco da Gama tinha realizado dois anos antes.

 Foto acima: Nau de Pedro Álvares Cabral/Wikipédia
Uma réplica da nau Capitânia da armada de Pedro Álvares Cabral pode ser visitada no cais do Centro Cultural da Marinha, no Rio de Janeiro.
É uma cópia, feita a partir de fontes iconográficas do século XVI, de uma das 13 embarcações que constituíam a frota de Pedro Álvares Cabral. A nau capitânia alberga agora uma exposição que pretende mostrar como era a vida a bordo na época. 


Partida de Pedro Álvares Cabral em 1500. Faiança Portuguesa- Prato da Fábrica de Alcântara, finais séc. XIX. 
Cortesia de Tita Fan

1 comentário: