domingo, 29 de agosto de 2010

Contra a violência doméstica


‎"Enquanto gritas à tua mulher, companheira ou namorada, há um homem desejando sussurrar-lhe ao ouvido. Enquanto a humilhas, ofendes e insultas, há um homem cortejando-a e recordando-lhe de que é uma boa mulher. Enquanto lhe bates, há um homem desejando dar-lhe amor. Enquanto a fazes chorar, ... há um homem que lhe rouba... sorrisos."

Obrigada à Regina Ramos

3 comentários:

  1. Mulheres digam não à violência doméstica, cada uma, cada ser nasceu para a felicidade e não para o sofrimento. Valeu, Helena. Boa noite, beijos ;)

    ResponderEliminar
  2. El maltrato a la mujer es una lacra que los hombres son los primeros que tienen que frenar.
    Me encanta tu blog amiga.

    Un besazo

    Maria

    ResponderEliminar