terça-feira, 18 de junho de 2013

Há vozes que nem a morte consegue calar

José Saramago
16 de novembro de 1922 - 18 de junho de 2010
Por que foi que cegámos,
Não sei, talvez um dia se chegue a conhecer a razão, 
Queres que te diga o que penso,
Diz,
Penso que não cegámos, penso que estamos cegos,
Cegos que vêem,
Cegos que, vendo, não vêem."

José Saramago, "Ensaio sobre a Cegueira"

1 comentário: