quarta-feira, 7 de julho de 2010

Dalai Lama fez 75 anos


Jetsun Jamphel Ngawang Lobsang Yeshe Tenzin Gyatso, (o seu nome de baptismo é ལྷ་མོ་དོན་འགྲུབ་ na língua do Tibete) é conhecido mundialmente como o XIV Dalai Lama, líder tibetano. Acaba de cumprir 75 anos, que foram comemorados em Dharamsala, onde vive exilado há 51 anos, por causa da anexação do seu território natal pela República Popular da China.

O Dalai Lama já visitou Portugal várias vezes, onde realizou conferências e teve vários contactos com a comunidade budista portuguesa, assim como com apoiantes da causa tibetana e activistas pelos direitos humanos.

O líder tibetano chegou a ser recebido por Jorge Sampaio quando este era Presidente da República, mas na última visita, já sob outros ventos políticos, nenhum representante do estado português quis recebê-lo em virtude de receios de um possível ensombramento das relações com a China.

Apesar de ter sido agraciado com o Prémio Nobel da Paz em 1989, foi considerado, aquando da sua visita aos EUA, onde foi recebido pelo Presidente Obama, "um perigoso terrrorista" pelo governo chinês!

Tive a felicidade de assistir em presença e com bastante proximidade às duas conferências do Dalai Lama. Ele é uma pessoa de uma simplicidade extraordinária, que não faz alarde da sua (imensa) sabedoria, antes se assume como um simples monge, que faz a sua caminhada entre os homens deste mundo, procurando sempre aprender mais, e faz questão de se ir actualizando e renovando as suas convicções em função dos novos desafios que o tempo lhe coloca.

Não quis deixar de assinalar aqui o seu anivrsário: 75 anos é uma idade significativa e eu manifesto publicamente o meu desejo de que este homem simples e bom possa preservar a sua saúde e a sua extraordinária clarividência, para bem da humanidade.

A Visão publica uma série de fotos da uma das suas passagens por Portugal.

Quem desejar enviar uma mensagem pessoal de parabéns ao Dalai Lama pode fazê-lo aqui.

Quem tiver a curiosidade de aceder ao site oficial do escritório do Dalai Lama, pode fazê-lo aqui.

2 comentários: