segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Zero reprovações - ordem para passar


Recebemos este texto de uma amiga leitora que o assume como um desabafo:
"A ordem é passar! Então agora com a escolaridade obrigatória até ao 12º ano , vai concretizar-se o sonho da Sra. Ministra da Educação : quase 100% de sucesso!

Na verdade, se os "injustiçados" e "traumatizados" que frequentam a fraude dos cursos CEF, Profissionais e o escândalo das Novas oportunidades podem passar sem saber ler ou escrever uma frase, - porque é que os alunos dos currículos normais, não hão-de passar todos?????
Os papás que reclamem também a "igualdade de oportunidades" , tão apregoada pelos socialistas! E já agora, porque não o grau de licenciatura para todos????

O facilitismo e a desresponsabilização dos "pobres jovens" terá um preço demasiado elevado para a economia nacional num futuro próximo:
Como exigir depois aos trabalhadores empenho e produtividade se fizeram toda a escolaridade sem o mínimo de exigência e responsabilidade? Como exigir-lhes depois o cumprimento de horários se o novo regime de faltas lhes permite ultrapassar todos os limites, obrigando os professores a um brutal acréscimo de trabalho com a elaboração das inúteis provas de recuperação de efeito quase nulo????
Como explicar-lhes depois que esta economia global se pauta pela livre concorrência e pelas leis do mercado e da competitividade??????
Como falar-lhes depois da importância do empreendedorismo?

Como lidará depois o patronato com estas novas gerações de "trabalhadores qualificados" que exibem orgulhosamente os seus "diplomas" e "certificados de habilitações"????
Não há ninguém que pare para pensar que estamos a hipotecar o futuro deste já tão pobre país???
Esta é a política do "quem vier atrás, feche a porta!"

A importância da estatística tem-se sobreposto a uma política educativa pautada por critérios de exigência, de competitividade e de uma verdadeira formação profissional que qualifique realmente os nossos jovens, de acordo com as reais necessidades do país.

Amanhã, será já tarde demais....
Pobre país o nosso....."


Milú

2 comentários:

  1. Não podemos permitir que sonhos maníacos se desenvolvam. Temos a possibilidade de os travar. Eu vou cumprir a minha parte.

    ResponderEliminar
  2. Aida
    A hora é de atenta vigilância e nada de ilusões.
    Beijo.

    ResponderEliminar