sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Hergé sobre o filme "Tintin" de Spielberg: “Serei certamente traído, mas com ele sê-lo-ei de forma talentosa."


Benoît Peeters, argumentista belga de Banda Desenhada e grande conhecedor da obra de Hergé, escreve aqui um texto de agradecimento a Spielberg sobre este filme, no seu entender, uma obra magnífica, que vale por si enquanto filme, mas que não atraiçoa o espírito dos álbuns de Tintin.

Hergé nos seus estúdios

Sem comentários:

Enviar um comentário