quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Chove



Chove...
Mas isso que importa!,
se estou aqui abrigado nesta porta
a ouvir a chu
va que cai do céu
uma melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?
Chove...
Mas é do destino
de quem ama
ouvir um violino
até na lama


José Gomes Ferreira

2 comentários:

  1. Um belo conjunto de imagem e poesia que nos leva a sentir a chuva e pensar com o poeta:"...é uma melodia de silêncio que ninguém mais ouve senão eu?"
    Pelo menos por agora, por aqui, é assim que sinto.
    Bjkas, Lelé,
    Calu

    ResponderEliminar
  2. Bela sintonia este quadro e a poesia de José Gomes Ferreira. Beleza ao quadrado enche-nos a alma de emoções saudáveis. Que bom que é poder partilhar coisas tão bonitas e não só estas mas por todo o blogue.
    Bj Tita Fan

    ResponderEliminar