sábado, 24 de setembro de 2011

As barracas maiores da ADD ainda estão debaixo dos panos

(c) Pérola de Cultura, Alqueva, 2011 

A respeito da ADD, estou firmemente persuadida de que as dores de cabeça maiores porventura ainda estão para chegar, quando nas escolas, por mais que se tape, hão-de (forçosamente!) destapar-se as assimetrias, as injustiças e os absurdos nas classificações, só possíveis num modelo que não acautela situações de oportunismo.

Cá para nós, que ninguém nos ouve, hoje mesmo fiquei a saber que, numa escola bem conhecida neste país, e que tem professores efetivamente muito competentes, há um professor que é uma "nódoa", segundo parece rezar a fama generalizada entre os alunos.

E ai, meu Deus, os alunos!!!! Eles, neste tipo de coisas são terríveis, têm olhos de lince, e, sobretudo aos melhores de entre os melhores, não escapam os muitos e repetidos atentados pedagógicos de alguns, felizmente uma escassa minoria de docentes.

Vai daí, que, para espanto geral, o dito professor vai ter Excelente ou Muito Bom na sua avaliação de desempenho. Para isso teve o cuidado de atempadamente negociar com os alunos uma colaboração e comportamento irrepreensíveis, em troca de notas altíssimas, para que nas duas aulas assitidas que pediu, tudo corresse de forma "espetacular"! E assim foi: um espetáculo, nunca antes presenciado pelos alunos. "As duas únicas aulas decentes em dois anos", disseram os alunos, que são os nossos melhores avaliadores.

O professor avaliador, de outra área disciplinar, ficou literalmente "maravilhado" e não tem dúvidas sobre a menção a atribuir, que prometeu, será "a mais alta possível"! Ora bem, passada a conveniente encenação, tudo voltou à mediocridade habitual naquelas aulas.

O saldo é que a criatura, entre saltos e flic-flacs à retaguarda, lá conseguiu passar a brilhantina nos olhos do avaliador, esteta de expressões plásticas e não de trampolins, que vai afinfar-lhe com a menção de mérito. O dito cujo será assim glorificado por duas aulitas, e continuará no seu cinzento exercício de um mister que visivelmente não aprecia, com notas que o catapultam para um pódio superior aos comuns mortais!

Os bons professores continuarão a ser bons professores, mesmo sem menções de mérito, a estar em todas as reuniões, a preparar as suas aulas cuidadosamente e a manter uma boa relação com os alunos. Diz-me a experiência de várias décadas de ensino que só pela competência e pela dedicação os professores são merecedores do respeito e admiração dos alunos. Sempre assim foi e sempre assim será. Independentemente de qualquer sistema de avaliação de desempenho, só esses ficam na sua lembrança de forma positiva e indelével.

Os professores que todos os dias se esfalfam a trabalhar, não só nas aulas, como em casa, para ensinar os seus alunos a aprender com prazer e satisfação, e com os quais têm, efetivamente, uma relação pedagógica, muito provavelmente não andam a correr atrás de notas, mas vão ser por elas injustiçados. Numa qualquer escola perto de si.

6 comentários:

  1. Olá Lélé!

    Concordo inteiramente contigo. Também na minha escola um tótó qualquer, armado em bom professor, fez o mesmo com os alunos. Porém aqui a avaliadora era da mesma área disciplinar e portanto, na aula assistida que pediu o dito professor não teve a mesma sorte. Ainda assim a colega para não o lixar deu-lhe BOM.

    Um abraço, bom ano lectivo.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Já sabemos todos que o modelito não presta mesmo.
    Não sei se haverá gente ressabiada e com mau perder que tenha ainda a ousadia de defender o indefensável.
    Mas, mesmo assim, caramba, haja um mínimo de decência!

    ResponderEliminar
  3. Safira
    Não sei se esses fulanos são totós, ou, pelo contrário, chicos-espertos!

    ResponderEliminar
  4. e quando uma dessas "nódoas" está, também numa escola "muito conceituada", a avaliar outros??? E lhes atribui notas baixissimas, alegando os "tratados de eduquês" que sabe de cor para tapar a incompetência científica?

    ResponderEliminar
  5. Totalmente de acordo. Tenho por hábito dizer que a minha avaliação consiste no reconhecimento e amizade dos alunos e mesmo EE que me visitam na escola para contar como vão as suas aulas e que se dirigem a mim com imenso carinho.
    Há melhor avaliação do que essa?

    ResponderEliminar