quarta-feira, 14 de setembro de 2011

O racismo nas suas diversas facetas


Foi eleita uma estudante de raça negra como Miss Universo. Deve ser coisa rara, mas aconteceu em S. Paulo. Leila Lopes, que é angolana, viu-se poucas horas depois da sua coroação como a mulher mais bela do mundo, enxovalhada por insultos mimosos, como por exemplo que, como é igual aos macacos, podem convidá-la para o papel de filha do King Kong! Lamentável!

Ler aqui a notícia e ver aqui a fotogaleria.

Sem comentários:

Enviar um comentário