sexta-feira, 11 de maio de 2012

Bernardo Sassetti (1970 - 2012)

(Foto de Bernardo Sassetti cuja autoria não foi possível identificar)

Ainda não estou em mim, com a notícia da morte trágica de Bernardo Sassetti aos 41 anos... Ainda há poucos dias ele esteve no velório do cineasta Fernando Lopes.

(Foto de Mike Sargeant - Mário Laginha, Pedro Busmester e Bernardo Sassetti no CCB)


Há meia dúzia de meses deu um concerto de piano a seis mãos no CCB com os seus amigos Mário Laginha e Pedro Burmester, numa  recriação de uma experiência idêntica que vi anos antes. 
Pude vê-lo tocar com os irmãos Moreira do jazztet com o mesmo nome e... sei lá, tantas outras vezes. 
A sua mestria e criatividade, o seu talento enquanto compositor e exímio pianista, eram consensuais. 
Ainda ontem tinha visto na televisão a sua mulher, a atriz Beatriz Batarda, numa sessão de cinema português frente às escadarias da Assembleia da República, a propósito do corte de 100% nos subsídios, que os profissionais desta área sofreram.
Esta para mim é mais uma morte brutal, tão inesperada quanto revoltante. 
Estou a ficar entorpecida com estas mortes, e assustada, por ver partir de sopetão pessoas da minha idade e com quem tinha afinidades estéticas e ideológicas. Estamos a registar perdas irreparáveis na Cultura portuguesa neste ano horrível!


Notícia aqui e foto daqui.
Biografia de Bernardo Sassetti aqui.

2 comentários:

  1. Partilho dos seus sentimentos, Lelé. Parece que os bons arranjaram uma maneira de fugir da parvalheira deste mundo. Emigraram....para outro lugar! Espero que seja um vale bem verde e que ao luar a lua esteja bem brilhante, num ambiente propício ao sonho e ao descanso...junto de quem na Terra deixou todo o seu lado mau.

    ResponderEliminar
  2. Parece que tudo se conjuga para perdermos... que tristeza...

    ResponderEliminar