quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

É Dia de Natal



"Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés."
 
Fernando Pessoa
 
Enviado por L.A 

4 comentários:

  1. Como um dos segredos da vida é aprender a morrer só, abrir blog sem e-mail é parte disto.

    ResponderEliminar
  2. Aprender a morrer só não está no meu horizonte dos segredos a conquistar.
    O que dizer de quem pretende deixar rasto como anónimo?
    Não será querer passar no escuro, sem que ninguém dê por isso?

    ResponderEliminar
  3. I like this poem very much – from what I can understand. I wish you a merry time for Christmas with a lot of joy.

    ResponderEliminar
  4. Thanks, dear friend! Also for you a merry Christmas and a happy New Year!

    ResponderEliminar