quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Recordar António Vieira

"Nascer pequeno e morrer grande, é chegar a ser homem. Por isso nos deu Deus tão pouca terra para o nascimento e tantas para a sepultura. Para nascer, pouca terra; para morrer, toda a terra; para nascer, Portugal; para morrer, o mundo."

Padre António Vieira

Sermão na Igreja de Santo António dos Portugueses, Roma, 1670

Sem comentários:

Enviar um comentário