sábado, 24 de abril de 2010

Paixões orquestradas no CCB


O Centro Cultural de Belém escolheu este ano o “Tratado das Paixões da Alma” de René Descartes como tema para os Dias da Música.

Em 1649, a residir na Suécia, onde foi convidado pela Rainha Cristina a dar-lhe aulas, Descartes acaba por publicar aquela que viria a ser, afinal, a sua última obra.

A admiração, o amor, o ódio, o desejo, a alegria ou a tristeza, são paixões que todos de uma forma ou de outra experienciamos, e que Descartes afirmou no seu Tratado que não residiam, como se pensava, no coração, mas no cérebro, o que foi uma autêntica inovação no século XVII.

Será ao sabor dessas paixões da alma que os Dias da Música irão decorrer no CCB durante todo o fim de semana, esperando-se a habitual enchente para os 76 concertos desta festa que já é um must em Lisboa.

Sem comentários:

Enviar um comentário