sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Bullying - Imagem estereotipada mas nem sempre consensual dos Bullies ou Agressores


 Não gostam da escola, têm capacidades intelectuais mais reduzidas, são ansiosos, impulsivos, inseguros, têm uma maior probabilidade de depressão e um nível de auto-estima relativamente baixo.
 São agressivos com os seus pares, para os professores, pais, irmãos e outros.
 Têm atitudes positivas relativamente à violência.
 A Violência como única forma de resolução de conflitos.
 Dificuldade de relacionamento interpessoal.
 Reduzido círculo de amigos.
 Comportamentos de risco associados: tabaco, álcool, drogas, delinquência e actividades criminais.


Diversos autores argumentam que:

 Alguns agressores têm boas competências sociais e são relativamente activos e assertivos.
 São capazes de evidenciar elevados níveis de inteligência social e de compreender as emoções e os sentimentos dos outros.
 Embora, muito frequentemente, usem essas competências e capacidades pessoais para alcançarem vantagens ou benefícios pessoais.
 O que na realidade lhes falta são as capacidades de empatia, ou seja, de avaliarem as consequências emocionais dos seus comportamentos sobre aqueles que agridem, sentindo pouco ou nenhum arrependimento pelos seus actos.
 As crianças fortemente agressivas têm expectativas positivas acerca do resultado da agressão.
 Aumento da auto estima e capacidade de controlo sobre os comportamentos dos outros.
 A tensão e o medo das vítimas constituem um reforço do comportamento agressivo.


Texto de BECAS

Sem comentários:

Enviar um comentário