sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Fernando Savater e a imortalidade

3 comentários:

  1. Palavras sábias que se deviam escutar atentamente.

    Obrigado Lelé!

    ResponderEliminar
  2. Lelé:
    Posso sugerir o José Gil?
    Contra o Savater eu tenho uma que não consigo digerir: a defesa que ele faz das corridas de toiros, com picador, bandarilhas e por aí fora.

    ResponderEliminar
  3. A sério? Essa é muito feia, não o imaginava capaz de defender essa barbaridade...
    José Gil, claro, sempre!
    Obrigada, Tacci. Um abraço.

    ResponderEliminar