segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

A obra criativa de Freud


A ampla bibliografia de Freud é composta por vinte e quatro livros (dois dos quais em colaboração, um com Josef Breuer e outro com William Bullit), por cento e vinte e três artigos e cerca de quinze mil cartas.
Foram realizadas duas edições completas da obra de Freud em alemão, uma durante a sua vida – Gesammelte Schriften, e outra depois da sua morte – Gesammelte Werke (GW) publicadas, primeiro em Londres, depois em Frankfurt. As obras Gesammelte Werke tornaram-se universalmente, a edição de referência. Esta obra foi completada por outros dois volumes (um índice e um volume de suplementos) realizado por Angela Richards e Ilse Grunbrich-Simitis.
A edição inglesa realizada por James Strachey sob o título Standard Edition of the Complete Phychological Works of Sigmund Freud (SE) é a única edição crítica da obra de Freud sendo, por isso, que constitui uma obra de referência no mundo inteiro.
Convém salientar, que nenhum dos textos de Freud anteriores ao ano de 1886 foi integrado nas diversas obras completas. Durante  este período pré-psicanalítico (de 1877 a 1886) Freud publicou vinte e um artigos sobre diversos temas, que em 1973 foram recenseados por Roger Dufresne.
Becas

Sem comentários:

Enviar um comentário