segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Gato esmiuça Primeiro-ministro



Na estreia do novo programa da SIC José Sócrates confessou-se fã do Gato Fedorento, pediu um autógrafo para os filhos, a quem tinha prometido "ser simpático e bonzinho".

Apareceu sem gravata em estilo casual e até deu uma ou outra gargalhada. Elogiou a elegância de Ricardo Araújo Pereira e reagiu com fair-play às suas provocações, optando pelo politicamente correcto.
Exemplo: - "Se o Sr. Primeiro-ministro está tão preocupado em criar empregos não fica preocupado sem saber se vai conseguir manter o seu?"
- "Isto não é um emprego, Ricardo, isto não é um emprego..."


Sócrates disse-se amigo de Zapatero, Sarkozy e até ter seguido conselhos de vestuário de Berlusconi!

Ricardo Araújo Pereira não parece propriamente fã de José Sócrates e mostrou-se nervoso e pouco à vontade.
Após o programa Sócrates quis tirar uma fotografia com ele e pôs-lhe a mão no ombro à laia de abraço. Ricardo, visivelmente incomodado, não correspondeu ao abraço.

Sócrates aprendeu a copiar George Clonney no corte de cabelo, no vestuário e no sorriso em situações embaraçosas.
Marketing eleitoral...!


NOTÍCIA ACTUALIZADA A 15 DE SETEMBRO:

«"Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios", o programa que marca o regresso do quarteto humorístico aos ecrãs de televisão, foi visto por mais de 1,35 milhões de telespectadores, colocando-o como o programa mais visto do dia. (...)
Para hoje, os Gato contam com a líder do PSD, Manuela Ferreira Leite, como entrevistada.»


Expresso Terça-feira, 15 de Setembro de 2009 11:39

Sem comentários:

Enviar um comentário