domingo, 27 de setembro de 2009

Alemanha e Portugal esmiuçam os sufrágios




Hoje é o dia em que vamos ver se os portugueses e os alemães desejam "continuar" e "desenvolver" as políticas seguidas pelos seus governantes, respectivamente José Sócrates e Angela Merkel, ou se, pelo contrário, desejam alterar a constituição das chefias dos seus destinos.
Como não me atrevo a fazer previsões, vou ficar a aguardar para fazer posteriormente um comentário, logo que os resultados pareçam claros.
À cautela, levem uma esferográfica própria para a cabine de voto, não vá que o H1N1 também queira esmiuçar os dedos dos eleitores.

Actualização do post às 12:26:
José Sócrates, tendo acabado de votar, na mesma assembleia de voto que Francisco Louçã, declarou-se muito feliz, porque hoje, diz ele, "é o dia do povo, o dia da democracia!"
Vamos ver se o povo decide continuar a assegurar-lhe esta felicidade no final do dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário