terça-feira, 29 de setembro de 2009

Que estranha forma de vida

Foi o Mário Machaqueiro que me inspirou para este post, com a sua análise dos resultados eleitorais, em que se refere a um tal "masoquismo" deste nosso povo, mais do que como perversão, como forma de vida.
Que estranha forma de vida... digo eu!


2 comentários:

  1. Lelé, tenho necessidade de procurar o teu blog ás vezes.
    Quando não percebo o que me rodeia, refugio-me aqui. Nunca saio de mãos a abanar.

    Ainda não me refiz do choque de domingo. Mas o que li aqui acendeu-me uma luz: "Que estranha forma de vida"

    Talvez não seja assim tão estranha... Talvez nós não tenhamos conhecimento de que os outros são muito diferentes de nós. E que tenham razões que a nossa razão não entende.

    Obrigada,Lelé, por me ajudares a chegar um pouco mais à frente.

    Beijinho
    jane

    ResponderEliminar
  2. Jane
    És sempre muito bem-vinda a esta casa.
    Obrigada pelo apreço e um beijinho.

    ResponderEliminar