sábado, 12 de setembro de 2009

PSD: novo sistema de avaliação de professores pode levar um ano a alcançar


"Pedro Rodrigues, presidente da Juventude Social democrata, JSD frisou, em declarações à Rádio Renascença, que, tal como Manuela Ferreira Leite já afirmou, se o partido ganhar as eleições o actual sistema de avaliação dos professores é para suspender “o mais rápido possível”.

“Ainda não temos modelo alternativo a apresentar, porque o Partido Social-Democrata está a reflectir sobre ele e a discutir com os parceiros de educação”, disse Pedro Rodrigues.

Segundo a Renascença, o programa eleitoral do PSD sugere outros modelos internacionais como fonte de inspiração. Paulo Mota Pinto, coordenador do programa eleitoral, acrescenta que o partido vai fomentar o diálogo com as partes envolvidas para definir um modelo de transição, reconhecendo que não há uma estratégia definida e que tal pode levar um ano a alcançar."


Público 11.09.2009 - 11h54

Impõe-se uma pergunta: porque acordou tão tarde o PSD para este problema?
De qualquer modo, antes acordar tarde do que não acordar de todo.
Há compromissos acordados entre o PSD e os Movimentos Independentes de Professores.
Oxalá sejam honrados na próxima legislatura.

Sem comentários:

Enviar um comentário