quinta-feira, 15 de outubro de 2009

As intenções pós-eleitorais do PM


"Tenho muita confiança nos estabilizadores automáticos"
“A democracia é o reino do compromisso e da confiança”
“Parto para essas conversas de espírito aberto, de coração limpo.”
“Vontade de compromisso, vontade de diálogo, a vontade de quem estende a mão.”
“Criar um novo clima político.“
“Partir para o diálogo sem preconceitos.”


O PCP, o BE, o PSD e o CDS/PP já disseram não estar disponíveis para fazer coligações. Hoje Francisco Louçã fez-se acompanhar de Ana Drago e Jerónimo de Sousa de Bernardino Soares. Ao primeiro Sócrates ainda conseguiu arrancar uns sorrisos, a Jerónimo de Sousa, nem isso. Este declarou à imprensa que "mais do que a necessidade da estabilidade governativa, é importante a estabilidade social. E sem uma ruptura e mudança de políticas não há estabilidade governativa que se mantenha”.

E agora?
Sem o conforto da maioria absoluta e sem acordos de coligação, não é mais possível governar autocraticamente...
Seria boa altura para o PM assumir verdadeiramente a humildade socrática à imagem daquele que inspirou o seu nome e viveu na primeira democracia em Atenas há 2500 anos.

A humildade de reconhecer os próprios erros e não voltar a cometê-los é uma das virtudes ensinadas por Sócrates, o filósofo.
Sócrates, o PM, assumi-la seria, aí sim, sinónimo de "espírito aberto" e "coração limpo"!


(Post actualizado às 20:38)

3 comentários:

  1. hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

    ResponderEliminar
  2. Olá Lelé!

    Como estás? E o Luís?
    neste contexto, acredito que Sócrates vá recuar alguma coisa, não tem aliás, outro remédio. Mas já nada me faz mudar de ideias a seu respeito, mostrou bem quem é afinal! "Espírito aberto" e "coração limpo" são expressões ofensivas para pessoas de bem , quando aplicadas a Sócrates! Se o fosse teria tido atitudes condizentes nas alturas certas

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida.
    O mesmo se pode dizer de Valter Lemos, Maria de Lurdes Rodrigues e Jorge Pedreira.

    Beijo.

    ResponderEliminar