segunda-feira, 12 de outubro de 2009

A vingança serve-se fria









Depois de se ter referido várias vezes sarcasticamente e em público a Michelle e Barack Obama como "o casal bronzeado", Berlusconi ficou a chuchar no dedo quando se preparava para abraçar e beijar gulosamente Michelle Obama num jantar que juntou os líderes do G20 em S. Pertersburgo.

A primeira dama norte americana cumprimentou afectuosamente com beijos vários dos líderes europeus, como Sarkozy e a sua mulher Carla Bruni, Angela Merkel, Gordon Brown, etc, mas quando chegou a vez de Berlusconi, deixou-o de braços estendidos e com aquele esgar de lubricidade que lhe é tão característico. Limitou-se a estender-lhe a mão de longe, apesar das duas tentetivas de Berlusconi para a beijar e abraçar.

É assim mesmo: cá se fazem, cá se pagam. O racista não perdeu pela demora. Michelle é uma senhora preta que deu uma bofetada de luva branca!


(Fotos gentilmente enviadas por Miguel Loureiro)

2 comentários:

  1. Esta 'nêga' tem muita classe!
    Mas o mafioso não se deu por achado a ficou como se nada fosse...

    ResponderEliminar