quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Jane Birkin hoje no Centro Cultural de Belém


Quem não se lembra da companheira de Serge Gainsbourg, que desafiava todos os limites e convenções nos anos 70?

Após a fase da irreverência, Jane Birkin tomou a sério alguns papéis como actriz em filmes que se tornaram memoráveis, como "A Piscina", ao lado de Alain Delon e Romy Schneider e "Morte no Nilo", com Bette Davis e Peter Ustinov.

Hoje a cantora e actriz apresenta-se já madura no Centro Cultural de Belém num espectáculo em que dá a conhecer o seu álbum gravado em 2008, Enfants d'Hiver. Jane Birkin é convidada de honra no 10º Festival de Cinema Francês que ontem se iniciou.

A pedidos vários, deixo aqui a canção-escândalo "Je t'aime, moi non plus" gravada pelo par Jane Birkin e Serge Gainsbourg em 1969, que deixou a opinião pública ultrajada por conter alusões sexuais directas. A canção foi condenada pelo Vaticano "pela sua natureza imoral" e banida das rádios pelo mundo fora.
Curiosamente, o disco vendeu em poucas semanas um milhão de cópias...



Sem comentários:

Enviar um comentário