quinta-feira, 1 de outubro de 2009

60º aniversário da revolução chinesa


Com pompa e circunstância e desfiles gigantescos, Pequim celebra hoje os 60 anos da revolução chinesa.

Mao Tsé-Tung, conhecido como "o grande timoneiro" foi o principal ideólogo da revolução e a sua ideologia encontra-se resumida no conhecido "livro vermelho", uma espécie de catecismo da China comunista.

Há quem diga que estas celebrações já pouco têm a ver com a revolução maoísta, mas que visam, antes de tudo, mostrar ao mundo o poderio da China como potência de crescimento económico em expansão global e fortemente militarizada.

Foi noticiado neste Blogue o aniversário do massacre da Praça Tiananmen aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário