sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Passageiros clandestinos


É o caso dos não grevistas que beneficiam da luta dos outros sem perderem o salário

(Há) "um grupo, não negligenciável, de cidadãos, que se arrogam no direito de assobiar para o lado, como se nada de importante se estivesse a passar. Esse grupo de cidadãos é o exemplo típico do que o economista Macur Olson caracterizou como "passageiro clandestino" na sua obra "The Logic Of Collective Action". "

Ler no Diário de Notícias 16-11-2010 - por Marília Azevêdo

1 comentário: