domingo, 13 de fevereiro de 2011

A «sexualidade imoral» no Bangladesh é punida com a morte


Menina de 14 anos morre após receber 80 chicotadas

"No Bangladesh, uma adolescente de 14 anos morreu após ter recebido 80 chicotadas como punição por ter tido um relacionamento com um primo casado. A sentença foi decretada por um tribunal religioso de Shariatpur no sudoeste do país, a 56 quilómetros da capital, Daca.
Hena Begum foi acusada de ter mantido uma relação sexual com seu primo de 40 anos, que era casado. A BBC avança que ele, condenado a receber 100 chicotadas, conseguiu fugir.
A adolescente desmaiou enquanto era chicoteada e chegou a ser levada para um hospital local, mas morreria seis dias depois, não tendo resistido aos ferimentos."

Notícia completa no Sol.

Esta barbaridade parece nunca mais acabar. Todos os meses me chegam notícias deste teor. Não há argumentos de respeito pela diversidade de culturas que me façam engolir estas decisões criminosas. A violência e a barbárie não podem ser desculpadas. Enquanto as páginas deste Blogue estiverem abertas, elas farão a denúncia destas práticas revoltantes.

Sem comentários:

Enviar um comentário