sábado, 12 de fevereiro de 2011

"As Regras" no Teatro de Carnide

"Em palco uma actriz e uma personagem que nos fazem mergulhar na burocracia do viver proposto: a Senhora, tal como Lagarce a nomeia, faz-se cercar ou é cercada (?) por fichas de identificação de individuos anónimos, de papelada inútil (...) e de tecnologia que não mais pertence ao nosso tempo.
A Senhora parece interpelar-nos: no entanto, não são as suas palavras o que, efectivamente, escutamos. Connosco dialoga tudo aquilo que fica por dizer."
João Leitão

Esta personagem, afogada em burocracia, recita as regras impostas pela moral e pelos costumes, mal contendo uma angústia que se lhe vai tornando insuportável. O quotidiano "das regras" que se repetem e que permanecem no tempo, constrangem esta mulher num aprisionamento do qual ela vai tomando consciência de modo cresente. "Sempre assim foi e sempre assim será" é a frase que repete, como que tentando convencer-se a si mesma de que não há hipótese de alterar nada. Até um dia...

Peça a não perder com a actriz Rita Martins, que, num surpreendente monólogo, credibiliza com inegável talento esta personagem a partir da peça "As Regras da Arte de Bem Viver na Sociedade Moderna" de Jean-Luc Lagarce.

FICHA TÉCNICA
Encenação: Sofia Ângelo
Interpretação: Rita Martins
Apoio dramaturgico: João Leitão
Desenho de Luz: Filipa Romeu
Design de cena e figurino: Rita Carrilho
Design Gráfico: Catarina Aguiar
Montagem de cenário: António Silva
Agradecimentos: Luísa Lemos e Miguel Cruz

CALENDARIZAÇÃO
De 4 a 26 de Fevereiro de 2011
Sextas e Sábados pelas 21h30.
Reservas e informações:
teatrodecarnide@gmail.com
Tel. 934 496 107

Sem comentários:

Enviar um comentário