terça-feira, 24 de maio de 2011

Campanha eleitoral - o deplorável

Cartaz de campanha do Partido Nacional Renovador

Podem ampliar a imagem. Mas mesmo que não o façam, vê-se bem uma ovelha branca a dar coices numa data de ovelhas escuras, que vão do preto ao castanho, até ao mais ou menos escurinho. Muito elucidadtivo, não é?

Quererão eles voltar ao tempo em que "orgulhosamente sós" tratávamos os negros das colónias como "escarumbas", "animais", ou "cães"? Ao tempo em que soldados portugueses, drogados com drogas químicas ou ideológicas, exibiam "orgulhosamente" para a máquina fotográfica cabeças de negros espetadas na ponta da sua baioneta?

Este cartaz é do mesmo PNR que na semana passada na televisão terminou o seu discurso de final de debate com a frase de Salazar "A Bem da Nação"!

Essa frase nunca mais abandonou a minha memória, já que constava das contracapas dos meus livros escolares em mocinha e que aprendi a raspar com um canivete.  Um dia numa aula de Matemática valeu-me um valente castigo por estar em falta no caderno de Trigonometria, coisa que não escapou ao professor que todos diziam ser informador da PIDE. (Que Deus lhe perdoe, já que eu não sou capaz!)

Mais disto em Portugal, não, obrigada!

1 comentário:

  1. é verdade deplorável, são todas pessoas sem moral
    cumprimentos

    ResponderEliminar