sábado, 27 de fevereiro de 2010

Jacques Martin não desejou que os seus heróis morressem com ele




Jacques Martin, o autor francês de Banda Desenhada recentemente falecido, não queria que os heróis por si criados o acompanhassem para a tumba.

Pode ler-se mais sobre este desejo dele e de outros autores igualmente famosos, na revista CASEMATE de Março, donde reproduzimos um fragmento do artigo.

Clique sobre as imagens para ampliar e ler.

Cortesia de Stéphane Jacquet, Alix.Mag.

Do colaborador Luís Diferr recebi o seguinte esclarecimento, que deixo aos leitores como adenda:


Imagem 1 da esquerda para a direita:

- Edgar P. Jacobs, autor de Blake e Mortimer;
- Paul Cuvelier, autor de Corentin;
- Tibet, autor de Ric Hochet;
- Hergé, autor de Tintin;
- Michel Greg, autor de Achille Talon e argumentista de séries como Bernard Prince, Comanche, Luc Orient, Olivier Rameau, Bruno Brazil;
- Jacques Martin, autor de Alix, Guy Lefranc, Orion, e argumentista das séries Jhen, Loïs, Arno e Kéos;
- Jean Graton, autor de Michel Vaillant;
- Albert Weinberg, autor de Dan Cooper.

Sem comentários:

Enviar um comentário