domingo, 1 de novembro de 2009

Entre bruxas e finados...




...espero que esta noite tenha um fim, entre o barulho ensurdecedor das crianças, umas mais novas que outras a cultivar a irreverência que toca as raias da má educação e falta de civilidade.

Encapuçadas convenientemente para a festa das bruxas, made in USA e, como tudo o que é ruim, rapidamente importada para os lusos costumes, podem os diabinhos esmurrar portas e janelas, gritar como condenados nas ruas e nos prédios, a horas impróprias, sem que os respectivos progenitores façam disso caso algum.

Porém, ao raiar da aurora será a manhã do dia de finados, em que vamos chamar os mortos do seu descanso para, aliviando as nossas culpas, nos apegarmos às tantas vezes fingidas saudades daqueles que já partiram.

Terrível fim-de-semana este, onde o desassossego das almas oscila entre o corrupio aos cemitérios e o consumismo da festa profana do Halloween!

1 comentário:

  1. Lelé:
    Sem querer apaguei o teu comentário.Coisas de quem é novata nestas lides.Importas-te de o repetir? Eu gostava...Bigada e beijinho

    ResponderEliminar