sábado, 21 de novembro de 2009

Resposta de uma professora ao e-mail de Ana Drago

Em resposta ao e-mail que a deputada Ana Drago enviou a muitos professores após a votação da Resolução do PSD na Assembleia da República, deixo aqui a resposta pertinente que uma colega acaba de lhe enviar.
Acrescento que subscrevo uma por uma todas as suas palavras, até porque, sendo da mesma escola, conheço bem os problemas de que fala.


"Cara Deputada:

A divisão da carreira e a da avaliação são questões tão importantes que acabaram por ofuscar outro problema que não é de menos importância: A carga horária. Sou professora do Ensino Secundário e não há semana nenhuma que o meu horário de trabalho não seja muito superior a 40 horas semanais. Na minha componente individual de trabalho, que é considerada de 13 horas, mas feitas as contas pelo horário são 10 semanais eu tenho que elaborar fichas de trabalho e fichas de recuperação e testes. Corrigi-los como é óbvio. Preparar aulas, o que implica escolher a melhor estratégia consoante a turma. Orientar trabalhos de pesquisa. Tudo isto para cerca de 90 alunos. E ainda participar em reuniões de Departamento, Grupo e Conselhos de turma, que não são contempladas no horário no tempo de estabelecimento têm que ser horas retiradas da componente individual de trabalho.

Atenciosamente

J.M."

5 comentários:

  1. Realmente corresponde ao que considero mais importante.
    A resposta,claro

    ResponderEliminar
  2. Recebeu o Prémio "Este Blogue deixa-nos agarrados".
    Ver mais no "Heart of Wax" :-)

    ResponderEliminar
  3. Se me for permitido, dado que já não exerço a profissão, subscrevo cada palavra.

    ResponderEliminar
  4. Olá amigos.
    Obrigada pelos vossos comentários.

    ResponderEliminar
  5. Olá Luis
    Obrigada pelo prémio do Heart of Wax.
    Atempadadmente irei redistribui-lo.
    Abraços.

    ResponderEliminar