quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Amigo maior que o pensamento


"Um abraço eterno para o Zeca, que morreu faz hoje 25 anos . Parece-me ontem.
Sim parece ontem que fui a Setúbal enterrar o homem que foi meu exemplo, meu mentor, meu guia, meu amigo, meu farol de exemplo, probidade e independência. Um momento de mim fica com ele todos os dias, sobretudo submerso nestas desgraças que nos mergulham no lixo e na ausência de um Portugal cultural. E pergunto-te Zeca que dirias tu a isto tudo. Morrias outra vez de susto e tristeza eu sei. Por isso te lembro com tanta fraternidade a presença eterna.
Fica a imagem do teu sorriso imenso, engelhando os olhos de ironia, por detras dos oculos antiquados. E das tuas distracções e descuidos, que nos divertiam. Ninguem foi um farol de referência tão grande para a sua época como tu foste. Amigo maior que o pensamento. Abraço-te daqui comovido e próximo. Até um dia destes. A gente vê-se.
E cantaremos enfim, hossanas heróicas e cantigas de um pais maior do que a diferença, um outro dia, noutra cidade. Fica combinado".
Pedro Barroso


Sem comentários:

Enviar um comentário