domingo, 5 de julho de 2009

Miguel Sousa Tavares odeia os Blogues


“Não vejo nem blogues nem redes sociais. Odeio o Facebook, odeio o Twitter. A única coisa que faço na Internet é, para além dos mails, para além de instrumentos de trabalho, wikipedias, etc., uso o Skype em telefonemas para o estrangeiro, mais nada. Não faço mais nada. Ah, jogo bridge. Agora, a ideia de rede social, e de blogues, tudo em comunicação, a falar… acho insuportável. Os blogues são uma série de gente que se acha importantíssima, que tem uma espécie de capelinhas, quase religiões, com os seus fiéis atrás. Há excesso de informação. (…)
No Facebook e no Twitter tudo tem umas teses extraordinárias. São todos cultíssimos, leves, frescos, trendy, sei lá...”


Diário de Notícias, Entrevista com Miguel Sousa Tavares, 5 de Julho de 2009

Olhe, pecébe, eu também não vou lá muito com a sua cara, sei lá...
E que os Blogues o incomodem, é naturalíssimo.
É preferível que o menino fique mesmo a jogar o seu bridge, do que perder tempo a ler esta gente insuportável e cheia de teses.
Deixe-nos lá a trocar informações irrelevantes nas nossas teias de laboriosas aranhas, não se incomode por sermos assim cultíssimos e trendy, ora por quem é!
Passamos bem sem si, rico, believe me..!

1 comentário:

  1. Como é que uma pessoa pode saber sté ao pormenor o que se passa, em lugares que odeia?
    Eu, por exemplo, não faço ideia do que se passa no Twitter e no Facebook porque nunca lá entrei. Tenho ouvido opiniões de quem por lá anda mas não posso dar opinião por desconhecer como lá "vivem".
    E só não entro porque me irritam lugares fechados, que penso ser este o caso.
    Maria

    ResponderEliminar