sexta-feira, 24 de julho de 2009

24 de Julho de 1969 - o regresso da Lua











No dia de hoje, há 40 anos, os astronautas Buzz Aldrin, Niel Armstrong e Michael Collins desembarcavam do módulo lunar que os trouxe de volta à Terra e cuja amaragem ocorreu a sudoeste do Hawai, no Pacífico.

Visivelmente com menos peso do que quando tinham embarcado e obviamente cansados, aparentavam porém, estar muito felizes.

Sem certamente adivinhar que, volvidos 40 anos, seriam tidos por muitos(?) como os protagonistas da maior fraude da História da Ciência.

Como as missões Apollo foram várias e ainda há dias ouvi na televisão Collins afirmar que as equipas caminharam na Lua 9 vezes, é de presumir que houve não uma, mas 9 gigantescas fraudes, certamente com recursos cinematográficos tão gigantescos como inimagináveis.

As consequências da exploração directa do Homem sobre a Lua, terão de ser, também elas, fraudulentas ao longo das décadas.

Por exemplo: estará até hoje ao final do dia (21 horas) um basalto lunar em exposição no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, que poderá ser observado e sobre o qual poderão ser colocadas questões aos geólogos do Departamento de Ciências da Terra da mesma Universidade.

Esta iniciativa integra o programa Ciência Viva de Verão.

É uma boa oportunidade para os defensores da teoria da fraude cinematográfica confrontarem as suas convicções com o pedregulho e os especialistas na matéria.

Sem comentários:

Enviar um comentário