sexta-feira, 10 de julho de 2009

500 anos do nascimento de Calvino


"João Calvino (Noyon, 10 de Julho de 1509 — Genebra, 27 de Maio de 1564) foi um teólogo cristão francês. Calvino teve uma influência muito grande durante a Reforma Protestante, uma influência que continua até hoje. Portanto, a forma de Protestantismo que ele ensinou e viveu é conhecido por alguns pelo nome Calvinismo, mesmo se o próprio Calvino teria repudiado contundentemente este apelido. Esta variante do Protestantismo viria a ser bem sucedida em países como a Suíça, Países Baixos, África do Sul, Inglaterra, Escócia e Estados Unidos da América.

Nascido na Picardia, ao norte da França, foi batizado com o nome de Jean Cauvin. A tradução do apelido de família "Cauvin" para o latim Calvinus deu a origem ao nome "Calvin", pelo qual se tornou conhecido.

Calvino foi inicialmente um humanista. Nunca foi ordenado sacerdote. Depois do seu afastamento da Igreja católica, este intelectual começou a ser visto, gradualmente, como a voz do movimento protestante, pregando em igrejas e acabando por ser reconhecido por muitos como "padre". Vítima das perseguições aos protestantes na França, fugiu para Genebra em 1536, onde faleceu em 1564. Genebra tornou-se definitivamente num centro do protestantismo Europeu e João Calvino permanece até hoje uma figura central da história da cidade e da Suíça."

Fonte: Wikipédia

3 comentários:

  1. Defendeu a tese da predestinação - uma aberração intelectual e uma monstruosidade moral!

    ResponderEliminar
  2. E levou Servetus à fogueira.

    ResponderEliminar
  3. Caro Anónimo
    O teólogo Servetus terá sido apenas mais uma das muitas vítimas condenadas por heresia.
    A introdução da teoria da negação da santíssima trindade parece não ter sido aceite nem por protestantes nem por católicos.
    Desafiar os dogmas da cristandade em 1550?
    Se não fosse morto por uns, seria pelos outros.

    ResponderEliminar