sábado, 14 de abril de 2012

Titanic, uma viagem sem regresso há 100 anos

Pintura de Michel Guyot, Titanic em Cherbourgh


Faz esta noite 100 anos que o maior e mais luxuoso navio do mundo se afundou na sua viagem inaugural. A 14 de abril de 1912, cerca das 23:40 horas o Titanic embatia num iceberg no Atlântico Norte e afundava passadas duas horas, levando consigo mais de 1500 almas. Foi o maior desastre marítimo até hoje. 


Passados 100 anos, esta viagem sem retorno é recordada na imprensa mundial e hoje à noite, no local do acidente, haverá uma homenagem às vítimas, num moderno navio de cruzeiros, o Balmoral, que partiu para a mesma rota a 8 de abril, de Southampton até New York; a bordo encontram-se alguns dos descendentes dos sobreviventes do Titanic. Haverá música da época e os décors procuram recriar os momentos mais glamourosos da viagem, nomeadamente servindo os menus originais. Esta "graça" custa por pessoa entre 3.387 e 7255 Euros. Alto preço para exorcizar os fantasmas do passado.  



Se for curioso, pode ver aqui o itinerário, o menu e uma galeria com as fotos dos passageiros, vestidos à época. Um evento que pode ter um bocadinho de folclore a mais para evocar um acontecimento tão trágico. 



Veja aqui um esquema interativo do navio RMS Titanic.

Sem comentários:

Enviar um comentário