terça-feira, 29 de dezembro de 2009

ADD e ECD - Still The Same

Cantar para não chorar... ou ao mesmo tempo que choro!

"Still the same" - 1978 - Bob Seger




Toda a ilusão que cheguei a ter em modelos mais racionais de ADD e ECD se desmoronou ao ler a proposta que o ME ontem apresentou aos Sindicatos.

A esperança criada pelo benefício da dúvida dado a Isabel Alçada neste início de mandato, desvanece-se agora por completo.

A proposta é mais do mesmo, com outras, ligeiras, tonalidades em relação ao anterior.
Porventura, em alguns aspectos, ainda será mais perverso, dando azo a situações de grande constrangimento entre os docentes. Continua a avaliação por pares e cria-se a figura do relator e nem este nem o Coordenador/Avaliador são eleitos pelos seus colegas professores. As aulas assistidas e a entrega de Objectivos Individuais são facultativas. Há quotas e três patamares com "numerus clausus".

Enfim... é de prever que se instale a grande confusão e (mais) guerras surdas nas escolas.

Ao ler o documento ontem só me deu a sensação de mais uma maçã envenenada e mais anos de luta desgastante, porque os professores estão cada vez mais cansados.

Numa perspectiva mais racional do que a minha, leiam aqui a análise do colega Mário Carneiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário