segunda-feira, 31 de maio de 2010

80 anos do pistoleiro










Clint Eastwood faz hoje 80 anos. Começou a fazer filmes - e foram dezenas! - em 1955, ora como actor, ora como realizador e, durante cinco décadas consecutivas, encantou sucessivas gerações de admiradores e cinéfilos. Recebeu quatro Óscares e tem sido um dos nomes mais respeitados do cinema americano.

Quando Clint Eastwood começou a fazer filmes ainda eu não sonhava em nascer e era o meu pai um adolescente a despertar para os encantos do mundo mágico do Cinema. Mais tarde, pela sua mão vi "Por um punhado de Dólares", "O Bom, o Mau e o Vilão", "Dirty Harry" e vários outros. Mas foram filmes como "As Pontes de Madison County" (com Meryl Streep), de 1995, ou "The Changelling" (com Angelina Jolie), de 2008, que verdadeiramente me encantaram e me fizeram descobrir a grande sensibilidade de Eastwood enquanto realizador.

O último grande filme, também de 2008, foi Gran Torino. Mas muita gente continua a ver filmes como "Bird", "Mystic River" ou "Million Dollar Baby".

Parabéns ao senhor charme. Long life, Clint Eastwood!

5 comentários:

  1. Vida longa para ele mesmo. Clint é talentoso mesmo!! Assisti a maioria dos seus filmes. Seja como ator ou diretor. Ele é demais! Um senhor, um coroa lindo prá valer!! Parabéns a ele, parabéns pela postagem Lelé Batita!! BEijos no seu coração ;)

    ResponderEliminar
  2. Opa! Que bom ter leitoras atentas como você!
    Também o acho o máximo! Gosto de paixão!
    Beijos para si.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelo historial. Reconheço que foi um grande homem da 7ª arte, mas só gostei dele quando era nova. Quando lhe descobri os "moralismos" passei a gostar menos e menos... Defeito meu, certamente.

    ResponderEliminar
  4. Gostei da "evolução do Senhor Charme, Long Life...caso para dizer que não perdeu qualidades! No tempo dele é que ainda não tinham inventado as "Nespresso"...porque aí penso que haveria muito "boa gente" a trocar um café com cheirinho à Clooney por um com cheirinho à Clint Eastwwood! E, claro, estou mesmo a meter-me contigo! ;)

    ResponderEliminar
  5. Oh pá! Não sei, mas na altura mais áurea do Clint Eastwwood nem o Clooney nem eu ainda estávamos neste mundo.
    Mas, acho que sim, se viajássemos no tempo, o Clint Eastwood, com ou sem Nespresso, retirava certamente o George do seu "lugar cativo" no meu coração...
    Fraquezas! :-)))

    ResponderEliminar