quarta-feira, 9 de março de 2011

Professor demitido por contestar o modelo da ADD


O professor é da Escola Secundária Infanta D. Maria de Coimbra e apenas exerceu um direito de opinião. Pensava ele que vivia numa sociedade democrática onde se pode manifestar discordância, sem ser acusado de "quebra do dever de lealdade".
Seria suposto, segundo a tutela, que o professor acompanhasse as escolas "na implementação das medidas de política educativa".
Foi demitido do cargo, mesmo tendo exercido as suas funções de modo rigoroso e tendo as suas competências sido avaliadas com nota máxima!
E esta, hein? Sinais de algo muito mau que se vai instalando subliminarmente e de que eu não gosto mesmo nada, por me fazer lembrar outros tempos.

Ler a notícia aqui.

(Não foi possível identificar a autoria da ilustração).

Sem comentários:

Enviar um comentário