sábado, 23 de julho de 2011

"Novas da mal-parida ADD", por Anabela Magalhães

"A ADD só agorinha mesmo saiu da porta da igreja e ainda vai no seu adro e eis que os problemas surgem por todos os lados, estoirando quais foguetes em estoiranços piromusicais, muito lindos, está bom de ver.
Como em muitos agrupamentos tomaram decisões ILEGAIS, tal como distribuir as quotas equitativamente por departamentos, coisa não prevista na lei e que de facto não tem lógica absolutamente nenhuma já que num departamento pode haver dois professores Muita Bons e um Xalente e no outro ao lado pode haver zero Xalentes e cinco Muita Bons, eis que agora, avaliados os avaliandos por diferentes relatores e atribuídas as classificações, a distribuição das quotas por departamentos está a fazer estragos e a dar a burricada prevista.
Pois não é que um professor com 8,2 corre o risco de ter Muita Bom e outro ao lado, com 8,8, vai ter apenas Bom? Lá está, por causa da distribuição equitativa das quotas por departamento?! Mas onde está a lógica disto? E como remendar o imbróglio agora que ele estoira entre os dedos das cabeças pensantes que nas escolas pensaram tamanha idiotice? Ai meus deuses que as soluções são ainda mais mal cheirosas do que o cheiro até agora exalado - Manter tudo assim tal e qual e aguentar com os pedidos de recurso que por certo choverão? Alterar as classificações atribuídas, presumo que atribuídas em consciência? E digo presumo porque os meus olhos já viram cada coisa e os meus ouvidos já ouviram cada coisa que é de deixar qualquer um, que tenha a coluna vertebral minimamente no sítio, de cara completamente à banda. Esta última opção é particularmente desonesta e temo que não faltem relatores a amouxar... (...)"


Daqui.

Obrigada, amiga por mais este alerta!

3 comentários:

  1. Ah! Que surpresa teres escolhido o meu auto-retrato marroquino! Eheheh...
    Eu é que te agradeço por ampliares a minha denúncia da palhaçada pegada, que vai por este país fora, relativamente a um assunto tão sério como o da Avaliação do Desempenho Docente. Esta é/está, definitivamente, doente.
    Anabela Magalhães

    ResponderEliminar
  2. É a ADD: Avaliação de Desempenho Doente!

    ResponderEliminar
  3. E nem assim vai ser derrotada?

    ResponderEliminar