domingo, 25 de março de 2012

Antonio Tabucchi, o mais português de todos os italianos


Tabucchi apaixonou-se pela obra de Fernando Pessoa, quando, ao passar perto da Gare de Lyon em Paris, deparou com o poema "Tabacaria", assinado pelo heterónimo Álvaro de Campos. Sentiu-se de tal modo tocado pela obra, que disse para si mesmo: "caramba, se isto me emociona desta forma, tenho de aprender esta língua". E se bem o pensou, melhor o fez, acabando por tornar-se Professor de Língua e Literatura Portuguesa na Universidade de Sienna. Foi o maior divulgador de Fernando Pessoa na Itália, assim como da Língua Portuguesa. Chegou a dizer de si mesmo que era "um português com sotaque" e voltava sempre para Lisboa, sua segunda casa.
Deixo-lhe aqui uma sentida homenagem, enquanto nome maior da Literatura Europeia e também em memória dos anos em que foi diretor do Istituto Italiano di Cultura in Portogallo, onde fui aluna. 

4 comentários:

  1. Mais uma perda precoce...
    Tomara que tantos portugueses valorizassem a cultura portuguesa como ele.
    Paz à sua alma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, 68 anos não era ainda o tempo de partir. :-(

      Eliminar
  2. Grazie di questo omaggio. E' bello trovare italiani che sanno parlare in portoghese. E' bella la vostra cultura. Ciao.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prego, Sabina.
      Per me è un'onore che Tabucchi abbia studiato il portoghese come lui l'ha fatto.

      Eliminar