sexta-feira, 9 de março de 2012

Cada palavra com sua andorinha

Damas com crisântemos, Seiki Kuroda 
Cada palavra com sua andorinha
para te trazer a Primavera no Verão» disse
E muitas oliveiras
para que peneirem com as mãos a luz
e esta leve se derrame sobre o teu sono
e muitas cigarras
para que não as sintas
tal como não sentes o pulso no teu punho
mas pouca água
para que que a tenhas por divina e entendas o que significa a sua fala
e a árvore só consigo
sem rebanho
para que a faças amiga
e conheças o seu verdadeiro nome
rala sob os teus pés a terra
para que não tenhas onde alargar raízes
e não pares de buscar um pouco de fundo
e vasto por cima o céu
para que por ti sozinho leias a infinidade
ESTE
o mundo, o pequeno, o grande!  
Odisséas Elytis, tradução de Manuel Resende 
(Enviado por Carmela, 8 de Março de 2012)

1 comentário: