quinta-feira, 30 de abril de 2009

«Santana Lopes não tem perfil de rigor e ascetismo»


"A presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Paula Teixeira da Cruz (PSD), reitera que Santana Lopes não tem o perfil de "rigor" e "ascetismo" que defende para a presidência da autarquia da capital.
Em entrevista à Lusa, Paula Teixeira da Cruz reafirmou também que a coligação do PSD com o CDS-PP em Lisboa irá "acantonar" os sociais-democratas à direita.
A seis meses de terminar o mandato à frente da Assembleia Municipal, Paula Teixeira da Cruz diz que não vai "andar por aí", irá dedicar-se à sua actividade profissional, intervir civicamente e como "militante de base" do PSD.
A presidente da Assembleia Municipal não assistiu ao lançamento da candidatura de Pedro Santana Lopes, no sábado, numa declaração na Internet, mas continua a considerar que o cabeça-de-lista social-democrata a Lisboa deveria ter outro perfil.
"Lisboa, no estado em que se encontra, exige um perfil de muito rigor e algum ascetismo. Gostaria de ver alguém que tem um discurso para Lisboa e que já fez por Lisboa", afirmou, referindo que "estas questões não são pessoais, são institucionais".
"É evidente que não penso que esse seja o perfil do doutor Pedro Santana Lopes", declarou.(...)
"Sou uma voz livre e tenciono continuar a ser uma voz livre"."

DESTAK.PT/LUSA - 30|04|2009-09.45H

Meu Comentário:
Lá que Santana não é um mocinho muito de se confiar já todos nós sabíamos.
Mas quanto a "ascetismo", o conceito está um bocadinho deslocado no tempo e no espaço.
Não estamos na Idade Média e isto aqui também não são os Himalaias...
Já nem no "Nome da Rosa" de Umberto Eco, o ascetismo, nesse caso cristão, abundava.
Francamente, lá por Santana gostar de umas miúdas e de uns copos, um pézinho de dança nas discotecas da 24 de Julho, vamos criticá-lo por falta de "ascetismo"?
Não posso imaginar como seriam as "Santanettes" - versão ascética!

Sem comentários:

Enviar um comentário