sábado, 9 de maio de 2009

DRELVT convoca PCEs de emergência


Reuniões sem ordem de trabalhos

"Os presidentes dos conselhos executivos das escolas da Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DRELVT) receberam, na quarta-feira, uma convocatória do Ministério da Educação para uma reunião a realizar 48 horas depois, isto é, ontem, sexta-feira. Para além da reunião ter sido marcada apenas com dois dias de antecedência, da convocatória não constava qualquer ordem de trabalhos. Contactada telefonicamente, a DRELVT informou que a reunião não tinha ordem de trabalhos, isto é, não tinha havido lapso na elaboração da convocatória. E mais nenhuma outra informação aí era prestada, para além do local e hora de início dos trabalhos.
Foi, por conseguinte, em condições de absoluta ignorância, e sem possibilidades de preparação prévia, que os presidentes dos conselhos executivos se dirigiram para uma reunião marcada pelo ME. Lá chegados, puderam verificar, com espanto, que a presidência do encontro seria assumida pela própria ministra da pasta.
E é assim que se trabalha no Ministério da Educação. Por outras palavras, estamos perante mais um exemplo da incompetência da ministra Maria de Lurdes Rodrigues e de mais uma manifestação de absoluta falta de respeito para com os professores convocados."

Mário Carneiro in O Estado da Educação e do Resto, Sábado, 9 de Maio de 2009

Sem comentários:

Enviar um comentário