quarta-feira, 6 de maio de 2009

Google contrata 200 cabras




"Os animais estão encarregues de cortar a relva dos jardins da sede da empresa, na Califórnia. "É mais engraçado ver as cabras do que as habituais máquinas a cortar as ervas daninhas", diz a Google.

As mais recentes contratações da Google são, nada mais, nada menos, do que 200 cabras, que vão tratar da relva da sede da empresa em Mountain View, na Califórnia.
Com a contratação das cabras, anunciada no blogue da empresa, evitam-se os "barulhentos corta-relvas que usam gasolina e poluem o ar". O rebanho foi alugado à empresa Califórnia Grazing, sendo o custo "quase o mesmo" do que contratar pessoa para fazer o trabalho.

De acordo com o comunicado da empresa no blogue, "é mais engraçado ver os animais do que as habituais máquinas a cortar as ervas daninhas". As cabras vão ficar uma semana nos jardins da Google, guiadas por Jen, uma cadela de raça "border collie" que irá ajudar a controlar os animais e obrigá-los a trabalhar.

A iniciativa da Google não é, contudo, pioneira. Anteriormente a concorrente Yahoo também fez a mesma coisa, tal como a Câmara Municipal de São Francisco que usa animais para tratar de alguns dos seus jardins."

Expresso, Paula Cosme Pinto 9:54 Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Meu Comentário:
Já que o custo das cabras é "quase igual" ao de contratar pessoas, é lamentável que esta empresa, que é um potentado económico, tenha optado pelas cabras em vez das pessoas, perdendo assim uma boa oportunidade de criar postos de trabalho e combater o desemprego.
Por mim as cabrinhas ficariam nos seus habitats naturais, que não são seguramente os jardins.


Fotos: Flickr, Chamonix, Aiguille du Midi

3 comentários:

  1. Não concordo. As cabrinhas ficam muito bem nos seus habitats, que esperemos não sejam destruídos, mas a eliminar ervas daninhas constituem, sem dúvida, uma solução mais ecológica e silenciosa que os cortadores mecânicos. Além disso, não é na contratação de alguns jardineiros que se resolve o problema do desemprego.
    Portanto, a palavra de ordem é: carneiros e cabras aos jardins!
    Luís Diferr

    ResponderEliminar
  2. Ah, ah, ah, ah, ah!

    Muito ecológico, sem dúvida!

    Olha se a moda pega... é ver cabras e bodes a pastar por esse Portugal fora...

    ... e os jardineiros sem trabalho!

    ResponderEliminar
  3. A ideia de rebanhos de cabras a mondar os jardins portugueses é engraçada e ecológica. Mas não gera desemprego, porque são necessários pastores que cuidem das cabrinhas e também uma brigada da limpeza dos serviços camarários que vá remover os milhares de caganitas que as ditas vão por lá deixar…
    eh eh eh eh…

    ResponderEliminar