domingo, 17 de maio de 2009

Professor do Ano


"A todos/as os meus colegas e amigos que neste momento fazem sacrifício em ir à escola mas cumprem o seu dever a 100% e com qualidade, como sempre o fizeram.

Professor do ano foi aquele que, com depressão profunda, persistiu em ensinar o melhor que sabia e conseguia os seus 80 alunos.

Professor do ano foi aquela que tinha cancro e deu as suas aulas até morrer.

Professor do ano foi aquela que leccionou a 200 km de casa e só viu os filhos e o marido de 15 em 15 dias.

Professor do ano foi aquela que abandonou o marido e foi com a menina de 3 anos para um quarto alugado. Como tinha aulas à noite, a menina esperava dormindo nos sofás da sala dos professores.

Professor do ano foi aquele que comprou o material do seu bolso porque as crianças não podiam e a escola não dava.

Professor do ano foi aquele que, em cima de todo o seu trabalho, preparou acções de formação e se expôs partilhando o seu saber e os seus materiais.

Professor do ano foi aquela que teve 5 turmas e 3 níveis diferentes.

Professor do ano foi aquele que pagou para trabalhar só para que lhe contassem mais uns dias de serviço.

Professor do ano foi aquele que fez mestrado suportando todos os custos e sacrificando todos os fins-de-semana com a família.

Professor do ano foi aquele que foi agredido e voltou no dia seguinte com a mesma esperança.

Professor do ano foi aquele que sacrificou os intervalos e as horas de refeição para tirar mais umas dúvidas.

Professor do ano foi aquele que organizou uma visita de estudo mesmo sabendo que Jorge Pedreira considerava que ele estava a faltar.

Professor do ano foi aquele que encontrou forças para motivar os alunos depois de ser indignamente tratado pelos seus superiores do ME.

Professor do ano foi aquele que se manifestou ao sábado sacrificando um direito para preservar os seus alunos.

Professor do ano foi aquele presidente de executivo que viveu o ano entre o dever absurdo, a pressão e a escola a que quer bem, os colegas que estima.

Professor do ano... tanto professor do ano.

Professores do ano, todo o ano, fomos todos nós, professores, que o continuamos a ser mesmo após uma divisão absurda.

Professor do ano... tanto professor do ano em cada escola, tanto milagre em cada aluno.

Somos mais que professores do ano. Somos professores sempre!"

Mário João Mendes, (recebido por e-mail)

4 comentários:

  1. O texto está muito giro, estou farta de o reler.
    Devias fazer mais assim, que ternura de cão de guarda a testemunhar o estado de espírito dos professores, aqueles com quem está familiarizado há dezenas de anos; vejo aí da parte da autora uma ponta de saudosismo antecipado.
    Tal como o cão, também pertences ao nosso meio onde criaste uma imagem de marca, tens sido uma força da natureza na nossa luta, também tens sabido ouvir os outros com toda a solidariedade que te é própria; enfim, motivada por esta enorme injustiça desumana que nos cerca, transformaste-te e criaste um blogue Pérola de Cultura, necessariamente feminino entre os outros blogues viris.
    Por isto tudo, precisamos de ti mais que nunca, não nos abandones, és essencial nas nossas vidas.
    Beijos amigos.
    Gabi

    ResponderEliminar
  2. O texto do cão, mais abaixo, impôs-se-me como um jorro na aurora.
    Levantei.me com o nascer do Sol para o escrever.
    Por ver à minha volta a tristeza e o desânimo senti-me tocada e apeteceu-me ser um observador baixinho e de quatro patas, que não fala, só sugere, mas tem um olhar meigo e cúmplice.
    Só isso.
    Obrigada pelas tuas palavras de alento, Gabi.
    Este blog foi criado para vocês todos e também para todos os amigos invisíveis que por aqui vão passando.

    ResponderEliminar
  3. Realmente todos os professores, mesmo não sendo recompensados pelo que fazem, fazem.
    Minha esposa, acorda toda segunda-feira às 5:30 da manhã, para viajar 100 km para da aula. Retorna para casa às 21:30.

    Ela também merece uma homenagem por todo esse empenho em construir cidadãos melhores.

    Abraços

    Elder A. Kloster
    http://elderkloster.blogspot.com/
    http://podrir.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. O nosso abraço solidário para ela e também para si, Elder.
    Obrigada por deixar os endereços dos seus blogues.

    ResponderEliminar