segunda-feira, 15 de março de 2010

Adieu Jean Ferrat





Tinha 79 anos, era ex-comunista, cantava Aragon, Pablo Neruda e a sua voz calou-se nesta vida.

5 comentários:

  1. E este Blogue (e outros mais) anda a parecer uma página de necrologia.
    Mas, como dizia o Fanhais "vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar"!

    ResponderEliminar
  2. É isso aí, Helena. Boa semana, beijos,
    Suziley.

    ResponderEliminar
  3. é a primeira de cinco estrofes:

    Vemos, ouvimos e lemos
    Não podemos ignorar
    Vemos, ouvimos e lemos
    Não podemos ignorar

    Sophia de Mello Breyner Andresen

    ResponderEliminar
  4. Duvido que ele cantasse se houvesse outra vida.Se não fossemos mortais (podendo a qualquer momento perder tudo) seríamos sensíveis à arte e à beleza?

    ResponderEliminar
  5. É a expectativa da morte que dá sentido à vida, não é?
    Obrigada pelos contributos.

    ResponderEliminar